sexta-feira, 13 de setembro de 2019

[Pernoitar, comer e beber fora] Muralha Charm House, em Lamego

A Muralha Charm House é um espaço de Turismo de Habitação, localizado no centro da cidade de Lamego, no Douro Vinhateiro. É um espaço carregado de cultura e história, encostado à muralha do Castelo de Lamego, com acesso por duas artérias seculares: a Rua da Cisterna e a Rua de Almacave.


Aliada à oferta de serviços de alojamento, numa unidade citadina de charme, às portas do coração do Douro Vinhateiro, está a aposta no Enoturismo com um foco especial no espumante. Ao mesmo tempo oferece serviços de taparia e espumantaria, num Rooftop com uma vista soberba sobre a cidade de Lamego e a mata da Nossa Senhora dos Remédios e respectivo Santuário.

Nem sei porque ou como fomos lá parar! Reservei via Booking.com


Quando chegamos ao “espaço”, dentro do horário avisado previamente, tocamos a campainha e ninguém para atender! Esperamos alguns largos minutos. Telefonamos para um número de celular que, tenho quase a certeza, é da funcionária.


Enfim, para encurtar a história, depois de uma boa meia hora (ou mais) apareceu uma senhora que, posteriormente, soubemos ser a proprietária. Pediu ‘imensas desculpas’. Enquanto se comunicava com o jovem DT este locutor que vos fala, muito puto, não emitiu um sonzinho sequer.

Convidou-nos a subir ao espaço onde é servido o breakfast para tomar um espumante. E lá, a senhora perguntou ao jovem DT: “este senhor não fala português?” E o jovem respondeu: “Fala sim, é meu avô.”
😊

O espaço é bacaninha. Tem até uma porta que dá direto para o Castelo de Lamego. E foi saindo por essa porta que iniciamos o nosso tour por Lamego.

O “hotel” tem cinco quartos e uma suíte. Ok, é bem arrumadinho. É a proprietária, ex-professora de Educação Visual, bastante falante (sem ironia) que trata do breakfast. Oferece ovos estrelados ou mexidos. E dá-lhe conversa!

Ficamos sabendo que irá passar todos os meses de janeiro no Rio de Janeiro, pois que nesse mês – muito frio e chuvoso em Lamego – o Muralha estará fechado. E que também irá a Los Angeles!

Tanto quando da chegada ou no café da manhã, percebemos que a proprietária (senhora Zilda?) está pronta para horas de conversa. O que, dependendo do tipo, motivação do hóspede(s) etc., pode ser uma mais-valia poderosa!

Concluindo: achei caro!
Fotos: JP

Anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-