terça-feira, 15 de março de 2016

Raposo "posiciona a todos as suas (dele) colocações" e entende "que todas as colocações foram compreendidas pelo Superintendente"...

Thomaz Raposo
Não poderia deixar de posicionar a todos que, acompanhando as minhas colocações, aguardam o resultado da reunião da APRUS com a PREVIC no dia 14 de março, onde foram externadas nossas preocupações e transmitidas pelo novo Superintendente seus métodos de trabalho e tipo de ações que a APRUS viria a perceber no futuro próximo.

A APRUS entendeu que a postura do novo Superintendente era séria e que estava acreditando nas informações que recebia de suas Diretorias e buscava ante aos fatos apresentados pela APRUS, uma maior profundidade nas informações ali constantes, para que pudesse tomar um posicionamento que lhe deixasse seguro do ato a ser tomado se houvesse.

Não deixamos por isto de deixar claro que em 2011 a APRUS solicitou à PREVIC a retirada do Senhor Aubiérgio, do AERUS, pelo prejuízos causados com a saída da VEM que em sua saída levou seu patrimônio líquido sem levar no entanto as dívidas que também lhe cabiam, fato ignorado pela PREVIC que em seu despacho vinculou as alegações do senhor Aubiérgio o que foi atendido pelo antigo Superintendente.

Outros comentários foram feitos pela APRUS quanto à situação das viúvas e esclarecidas as razões da colocação do problema para o desembargador, visto que na época a PREVIC não quis se envolver na matéria, não restando assim outra alternativa ao liquidante tendo o Superintendente informado que estava em outra estratégia para atender o assunto.

Foram expostas as preocupações com fatos e decisões que possam vir a ocorrer nesta gestão do senhor Aubiérgio, visto decisões sobre nossa ação tarifária sozinha não atender a nossas demandas e embora pudessem servir de paliativo não viriam jamais atender aos ativos do AERUS que anseiam pelos recursos lá existentes desde 2006 e retidos após a liquidação, pois devemos considerar inaceitável qualquer decisão final que não venha a contemplar os ATIVOS, nossos colegas da nossa VARIG.

Entendo assim que todas as colocações foram compreendidas pelo Superintendente, tendo sido ainda externado pelo Presidente da APRUS que este estava sem contato com o AERUS visto a pessoa do senhor Aubiérgio lá existir e que agradeceria a volta do contato com os funcionários lá existentes, tendo o Superintendente esclarecido que não via problemas nesta continuidade.

A resposta do Superintendente foi clara quanto a posicionamentos estratégicos, me posicionando que este contato passaria a ser direto com ele me passando assim seu telefone particular, assim sendo e atendendo ao Superintendente aguardaremos que os levantamentos a serem feitos clareiem e lhe deem a segurança da decisão a ser tomada aos nossos pleitos, lembrando ainda que muitos fatos estão para ocorrer e não nos sentimos confortáveis com tal presença em nosso AERUS.

Informo também que qualquer colocação a ser feita sobre todos os nossos assuntos passarão a ser do conhecimento do Superintendente para que possa vir a conhecer e a participar dos nossos problemas.
Texto: Thomaz Raposo, APRUS, 15-3-2016

Relacionados:

Um comentário:

  1. Prezado Sr Thomaz, sempre no aguardo de informações e atitudes, agradeço seus esclarecimentos e posicionamento.
    Creio ser fundamental o contato da Aprus com nosso Aerus.
    A Aprus e a Previc, são guardiãs do Aerus, e este contato estabelecido, é de grande importância.
    Att.
    H Volkart

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-