domingo, 4 de dezembro de 2016

Começou a guerra de narrativas: atos já estão sendo narrados como se fossem “contra Temer”

Luciano Ayan


O leitor Rafael Moreira Furtado lembrou algo muito importante: ainda que alguns grandes jornais estejam (neste momento) emitindo os fatos ao dizer que os protestos são a favor da Lava Jato e pela saída de Renan Calheiros, a estratégia da extrema-esquerda armou uma jogada.

Ocorre que os perfis da extrema-esquerda estão cobrando “Fora Temer”, para dar a impressão de que os atos são contra Temer. Evidentemente, é ação programada.

Em ritmo de “fake news”, alguns órgãos da grande mídia estão emitindo a narrativa de que “os protestos abalarão Temer”. Esta é uma narrativa de teste, para ir acostumando os leitores com as próximas narrativas, que dirão que “os protestos abalaram Temer”, e até algumas que dirão que “os protestos foram contra Temer”.

A Veja já diz que esta é a primeira onda de protestos da era Temer. O Brasil247 começou fazendo balões de ensaio com uma narrativa que será propagada pela grande mídia ao dizer que “governo se preocupa que ‘Fora Temer’ ganhe força em protestos”. O UOL já lança uma prévia dos jogos que estão por vir (repare que eles utilizaram uma foto de manifestação petista com “Fora Temer” para falar da manifestação de hoje, que é contra Renan e favor da Lava Jato):



Enfim, o objetivo aqui é saber como o jogo está sendo jogado até para que o contra-ataque à mídia e às ações orquestradas do PT seja mais efetivo.
Título, Imagens e Texto: Luciano Ayan, Ceticismo Político, 4-12-2016
Marcação: JP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-