quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

A lição de Theresa May aos liberais e conservadores brasileiros: Como tratar um inimigo


Roger Roberto

Muita gente já deve ter visto o vídeo.

O esquerdista britânico Jeremy Corbyn, do partido Trabalhista, fez um discursinho típico atacando o a primeira-ministra, Theresa May, por ela ter convidado Donald Trump a um encontro oficial. Corbyn fez a parte dele, provavelmente mal acostumado com os líderes anteriores que eram frouxos como a maioria, mas não contava com uma reação tão enérgica e impetuosa de May. Ela o deixou no chão e gastou menos de um minuto para fazer isso.

Veja o breve vídeo e, em seguida, volto a comentar:


Está aí. Theresa May deu uma bela lição para conservadores e liberais brasileiros. Sem xingar, sem ofender, mas mantendo uma firmeza que faz referência aos melhores dias de Maggie Thatcher no comando do Reino Unido, a atual governante britânica ensinou como se deve tratar um inimigo: com agressividade e segurança.

Além disso, ou seja, além da atuação espetacular, May também soube exatamente como rotular seu adversário, rebaixando-o à posição de encrenqueiro, deixando-o totalmente sem moral diante de quem viu sua atuação. Quando ela diz que Corbyn não seria capaz de proteger o povo britânico, ela criou uma polarização que é de extrema importância, pois coloca o opositor na posição de alguém que está contra a população, enquanto ela está a favor.

Outro ponto importante foi ter colocado Corbyn na posição de um “líder de protesto”, dizendo que ela lidera um país. Isso mostra que o trabalhista não tem responsabilidades e que é por isso que se acha em posição de criticar o que ela fez em prol do povo britânico. 
Título, Imagem e Texto: Roger Roberto, Ceticismo Político, 2-2-2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-