domingo, 12 de fevereiro de 2017

"Vivemos em conjunto com o lixo" na Terra Nova

Maka Angola

Em plena cidade de Luanda, os moradores do bairro da Terra Nova, no distrito urbano do Rangel, sofrem uma invasão implacável.


As suas casas foram cercadas pelo lixo. Têm de suportar-lhe o cheiro, as moscas, as larvas incansáveis que lhes entram lar adentro. As crianças crescem na imundície. As doenças propagam-se, velozes. Não há recolha de lixo, e os moradores não sabem a quem recorrer.

Que não haja ilusões: esta miséria não incomoda os governantes. Esta miséria não incomoda a multimilionária família presidencial. Do alto dos seus palácios e dos seus aviões, nada lhes toca, nem sequer um rasgo de consciência, ou o mínimo sentido humanitário.

Em todas as suas galas e cerimónias, reuniões de gabinete e conferências de imprensa, deveria ser projetado este vídeo.

Para que não restassem ilusões: é esta a sua capital, é esta a capital de Angola.

Veja o vídeo:


Título, Imagem, Texto e Vídeo: Maka Angola, 12-2-2017

Um comentário:

  1. Lembro desse bairro, de nome, é claro. Eu morava no bairro da Madame Berman. Tinha duas saídas, uma pelo Bairro Popular (?), outra pela Estrada do Catete, esta bem mais longe.
    Pois bem, do outro lado da Estrada do Catete, era o bairro Terra Nova.
    Foi lá que, acompanhando a minha prima Mariita e seu namorado a um baile, ouvi a música 'Maringá, Maringá, depois que tu partiste tudo aqui ficou tão triste'. Ou tocou muitas vezes ou foi a única música do baile, o fato é que me marcou for ever.
    Isso faz uns SESSENTA anos!

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-