domingo, 16 de julho de 2017

As fúrias do doutor Costa

José António Rodrigues Carmo

A fúria do Dr. Costa contra a Altice surpreendeu-me tanto quanto o descaramento do Dr. Ferro, ao dizer que achava mal ser crime os membros do governo receberem umas viagens para ver a bola, de empresas com as quais o Estado tem negócios ou conflitos.

Não sei quem é a Altice, mas, se bem percebi, a fúria do Dr. Costa deve-se ao facto de a empresa querer comprar a Media Capital, dona da TVI.

Quem vê o Dr. Costa com ar galhofeiro, descontraído e habitualmente boçal, a referir-se a questões realmente importantes para o comum dos mortais, como os últimos episódios da nossa tragicomédia, fica naturalmente surpreendido com tão súbita irrupção de ira.

Por que será?

A mim parece-me que o Dr. Costa teme uma desafinação no coro mediático e vigarista que o tem levado ao colo, de derrota em derrota até à vitória.

Num momento em que o governo se enche cada vez mais de criaturas cujo ponto alto foi o de terem feito parte do desastre socrático, o Dr. Costa teme perder a TVI.

É que a TVI era da PRISA, uma empresa espanhola ligada ao Partido Socialista Espanhol.

Esta Altice é francesa e, se calhar, movida apenas por interesses empresariais, algo inadmissível, numa visão ideológica que passa pelo controlo das massas. 
Título e Texto: José António Rodrigues Carmo, Facebook, 15-7-2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-