sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Gabeira: do revolucionário comunista à voz da sensatez na política

Rodrigo Constantino

Quando escrevi Esquerda Caviar, dissecando na terceira parte inúmeros ícones do fenômeno, não quis concluir o livro em tom negativo. Por isso escolhi fechar com uma minibiografia de Fernando Gabeira, ele que foi comunista revolucionário, sequestrador e tudo, e mostrou ser possível deixar para trás esse passado sombrio com coragem e dignidade, assumindo os erros e evoluindo.

Gabeira, de fato, tem sido uma voz de bom senso na mídia, com seus artigos lúcidos, sua postura aberta e realmente voltada para a tentativa de compreensão do que se passa no país e no mundo. Pode-se discordar dele aqui ou ali, mas isso é o de menos; o importante é sua honestidade intelectual, seu sincero desejo de debater os rumos do país, focar em argumentos.

E quando alguém com esse perfil é entrevistado por um pensador como Alexandre Borges, o resultado só pode ser fantástico. Borges tem feito uma série de entrevistas para o programa Imprensa Livre, com apoio do Instituto Liberal, e recomendo todas. Passaram por ali Ana Paulo do Vôlei, Martim Vasques da Cunha, Bruno Garschagen, Carlos Andreazza, Lobão e muitos outros. Temos a semente do nosso Rubin Report, um programa de entrevistas de alto nível, que realmente agrega valor ao telespectador. Abaixo, a entrevista com Gabeira, imperdível:


Título e Texto: Rodrigo Constantino, Gazeta do Povo, 26-10-2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-