quarta-feira, 27 de abril de 2016

Discurso histórico desafia o PT, detona ‘cusparadas’ e cala o senado

Folha do Juruá

Um discurso emocionado, mas extremamente coerente do senador Magno Malta [foto], na ultima segunda-feira (25) na instalação da Comissão de Impeachment da presidente Dilma Rousseff, calou o plenário.


Nenhum senador petista foi capaz de sequer apartear o senador capixaba.

A contundência foi reveladora, principalmente para um senador que apoiou a eleição de Dilma Rousseff e hoje se confessa traído. O mesmo sentimento estampado na fisionomia de milhões de brasileiros que foram às ruas pedir o impeachment foi demonstrado.

Da mesma forma, ele atacou os recentes episódios de ‘cusparada’ praticados pelo deputado Jean Wyllys e pelo ator José de Abreu e lançou inúmeros desafios aos representantes petistas no Senado Federal.

Vale a pena ouvir o que foi dito por Magno Malta.

Assista ao vídeo:


Via Folha do Juruá, 27-4-2016

4 comentários:

  1. Compreendo muito bem o sentimento dele,porque é o sentimento de nossos pais, que ja alcançaram mais de 90 anos, de nos mesmos aposentados de mais de 60anos, dos jovens que sao o futuro da naçao, da Classe média que sutenta o miseravel, o pobre e os ricos com seus impostos e daqueles que como eu, achavam que estes ociali$sta$, iam fazer o que Olof Palme fez da Suécia. Parabéns à este crédulo, que tornou-se incredulo..pq seus deuses o trairam a Naçao da qual ele é corpo.

    ResponderExcluir
  2. mUITO ÚTIL ESSA POSTAGEM PELO CAOQUE FUMA.COM. OBRIGADO/CIRTOLI

    ResponderExcluir
  3. O Senador Magno Malta defendia a presidente Dilma e seu governo e, de uma hora para outra, mudou de posição; deve ter razões fortes. Ele critica fortemente o partido dos trabalhadores e “arrasa” com a pantomima que todos assistimos pela TV , há quinze dias, a votação na Câmara dos deputados no início do processo de impeachment da nossa chefe de estado .
    Certamente um espetáculo vergonhoso, não condizente com a posição ética dos parlamentares em plenário. Execrável, a atitude do deputado Jean Willys ao cuspir no rosto do deputado Jair Bolsonaro. Este, por sua vez, também demonstra não ter equilíbrio emocional para, na hipótese de ser eleito candidato eventual à presidência da república, tornar-se um líder chefe de Estado, ainda mais da Augusta Pátria Brasileira!
    Nada contra a louvação pública, em plenário, à memória do ilustre coronel Brilhante Ustra. A rigor, nada foi provado e comprovado quanto à participação do referido militar em atos de tortura contra possíveis militantes subversivos. Se havia uma guerra, era contra a implantação de uma nefasta ditadura do proletariado. Iriam, decerto, “bolivarizar” a terra de Vera Cruz. Houve excessos de ambos os lados, mas, e daí? Toda guerra por si só é suja; vale tudo e mais um pouco. Os guerrilheiros subversivos também cometeram crimes hediondos ( e não foram poucos) , no entanto são lembrados como “mártires”.
    O deputado Bolsonaro deveria guardar suas predileções para ele próprio, evitando polemizar numa ocasião tão conturbada e assistida em cadeia nacional, inclusive no exterior. Não obstante, membros do PC do B fizeram alusão a gente como Lamarca, Che Guevara, entre outros , sem, no entanto, terem sido criticados . Outro fato interessante é o ex-presidente Lula ter se encontrado outrora com o então presidente Iraniano Mahmoud Ahmadinejad , em que não faltou simpatia e carinho mútuos . Só faltou “beijo na boca”. No entanto, é sabido que aquele ditador estrangeiro mandava executar opositores, bem como ordenar o assassinato de homossexuais , pelo simples fato de serem gays. Não seria isso deplorável? A mídia não condenou o encontro.
    Quanto ao grande ator José de Abreu, é irrelevante a preferência partidária dele ; não deve interessar a ninguém , e ninguém tem nada com isso . A democracia garante o livre pensamento de escolha da banda musical, sabor do sorvete predileto e .... de um partido político ou figura política. O sujeito entra com a esposa num restaurante para almoçar ou jantar e , de repente, é agredido verbalmente pelo fato de simpatizar com partido A ou B , fulano ou beltrano; isso extrapola a liberdade democrática. A “cusparada” foi, provavelmente, um rompante de indignação do referido ator – condenável, diga-se de passagem. Mas são falhas impensadas de todo o ser humano.
    Isto tudo significa, e pode-se concluir, que desde que o PT assumiu o poder no brasil , o povo começou a ser incitado , uns contra outros , divididos por classes, gêneros e ideologia . (“Nós contra eles, as elites”). Tudo é uma grande basófia e o carcinoma petista continua produzindo sua metástase pelo pais afora. Felizmente essa filosofia partidária está enfraquecendo e o governo Dilma , desmoralizado, tende a sucumbir nos próximos dias; O grande desafio é o fato de não termos um líder que nos represente, o país está à deriva e as perspectivas de um futuro melhor são obscuras.
    Contudo há muitas almas boas que conspiram para que tudo acabe bem e o Brasil volte a crescer . Haveremos de acertar o passo.
    Um ótimo final de semana

    Sidnei de Oliveira
    Assistido Aerus - RJ

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-