terça-feira, 14 de junho de 2016

É um saco! Os gays, a qualquer momento, a qualquer segundo, se fazem de vítimas a serviço...

Agora, lá em Orlando, é, nos Estados Unidos, um adepto/fiel/seguidor da religião Islã, invade uma casa noturna que, segundo a mídia, era um local frequentado por homossexuais…
O FDP mata CINQUENTA e manda outros CINQUENTA para o hospital!
Não, “meu amor”, o cara não era homofóbico, era um fiel do Islão – que joga vocês, homossexuais, borda fora precipícios!
Joga vocês, vivos, gritando, porque não querem morrer, lá em baixo!

Em Paris, uma cidade na Europa, acho que em fevereiro deste ano, outros filhos-da-puta, a exemplo, ou melhor, dando exemplo para o filho-da-puta, islâmico, mataram dezenas de pessoas que estavam em um local de shows. Mataram, acho que umas trezentas pessoas: mulheres, homens, paneleiros, lésbicas, brancos, negros, amarelos, azuis, fumadores e fumantes…

Ok! A reação foi cristã: tanta gente apareceu na televisão a oferecer a outra face. O mais famoso exemplo foi o do marido e pai, francês, que apareceu em todas as televisões a ‘perdoar’…

Conheci, há anos, uns franceses de Volvic, da região de Auvergne, que o desprezariam. Estou convencido que outros franceses, de outras regiões, até da Île-de-France, também o desprezariam.

Mas, a verdade verdadeira, é que a opinião dos povos há muito é publicada. Isto é, é a opinião dos milItantes de esquerda acantonados nas redações de jornais e TVs.

Não, porra! Não foi um ataque contra gays, lésbicas ou seja lá o que for!
Foi um ATAQUE à LIBERDADE – de religião, de crença, de opinião – que só a civilização ocidental nos proporciona!


Quem acha que foi um ataque homofóbico que vá fazer manifestações em… por exemplo, na Arábia Saudita
!
Vai lá, machão!

Um comentário:

  1. Num debate sobre a vinculação óbvia do islamismo com o ocorrido em Orlando e a injunção islâmica de execução de homossexuais, sou acusado por um assessor do Dep. Jean Wyllys de COAUTOR dos assassinatos.

    Como manter a compostura e não acusá-lo pela canalhice? Eu não consigo por mais que tente.

    Não é preciso dizer que ao mesmo tempo em que isentava o Islã acusava a homofobia do cristianismo. Realmente, essa militância é patológica.

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-