quinta-feira, 16 de julho de 2020

Augusto Nunes: Gilmar Mendes comete crime em fala sobre 'genocídio'

O jornalista Augusto Nunes analisa a fala de Gilmar Mendes, ministro do STF, que acusou o Exército brasileiro de agir como cúmplice de um 'genocídio', em referência aos mortos da pandemia do coronavírus. Para Augusto Nunes, a declaração foi mais do que uma opinião desastrada. Acompanhe no vídeo.
Foto: Carlos Moura/STF

Relacionados:

Um comentário:

  1. O ERRO DE GilMAR NÃO FOI A PALAVRA GENOCIDIO!
    GENOCIDIO , INCONTESTÁVELMENTE O BRASIL COMETE CONTRA AS POPULAÇÕES INDÍGENAS.
    O ERRO DO GILMAR FOI DE SE PRONUNCIAR NAS REDES SOCIAIS!
    JUIZ,ESPECIALMENTE DO SUPREMO,NÃO É CIDADÃO COMUM ,E NÃO PODE MANIFESTAR EM REDES SOCIAIS ,SOMENTE NOS AUTOS DE AÇÃO PARA O QUAL FOI PROVOCADO!
    E AÍ SIM, NA QUALIDADE DE MAGISTRADO!

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-