sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Renan Calheiros falou!

13 comentários:

  1. Repare no comportamento e postura estudados do Lindbergh! Repare e ouça!

    ResponderExcluir
  2. Não aguentou a pressão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acho que tenha sido a "pressão". Ele é muito experimentado e experiente em "pressões".
      Aconteceu simplesmente que, como se diz em francês "Il a craqué!": Rachou, explodiu, mandou tudo para a PQP!

      E quem não explodiria com a constante, desonesta e inescrupulosa "pressão" do PT e seus aliados?!
      Ele até demorou demais!
      Oxalá ele mantenha esse fogo nas ventas, se dispa da fatiota formal e institucional de Presidente do Senado Federal e desça ao plenário para votar em favor do impeachment!

      Excluir
  3. Viva Collor de Mello que saíu, que foi expulso da presidência do Brasil, com dois por cento (talvez menos) do estrebuchamento do de agora da Dilma Rousseff e seus capangas!

    Naquela época, a do "Fora, Collor", tinha um desses capangas à frente dessa Carga! E o Brasil, ingênuo e intimidado, deixou-se "enganar" (queria dizer algo mais contundente) por essa canalha!

    Hoje, essa mesma canalha, confrontada com o Brasil de hoje, mostra o que vale: porra nenhuma!

    Viva o Brasil!

    Esse Brasil me emociona pra cacete! E que ele, esse Brasil, conte comigo, na minha microscópia participação!

    E não me venham com "Fora, Temer", "Fora a PQP"...Ah, agora, o alvo a abater é Gilmar Mendes! São tão desonestos que agora acusam e saem espalhando, que nem papel higiênico, o que o cara do Diário do Centro do Mundo mandou fazer. Gilmar Mendes, o FDP que quer acabar (como se isso fosse possível) com a Lava Jato! Os mesmos desavergonhados que sempre se divertiram em enxovalhar o Sérgio Moro com sangue na boca e no cu para pegar ele (e a esposa). Não conseguiram!

    Gente, captei perfeitamente a explosão do senador Calheiros!

    Ah! Entre a explosão do "corrupto" Renan Calheiros e a figura dessas duas, Gleisi e Vanessa, fico, SEM HESITAÇÂO, com o primeiro!

    Chega de assistir a esses desonestos do PT, do PCdoB!

    Ah! E se o Brasil preferir essa gente do PT e do C...!

    Ah! E se o Brasil (ainda) prefere ACLAMAR o slogan (da 'ditadura' militar): "Brasil, Ame-o ou Deixe-o!", (Ah! Rio é lindo” Só se morre no rio assaltado por imperialistas ianques”
    Esse não é o meu Brasil, mas não é mesmo! Pode brincar de tantas Copas quantas quiser!!

    ResponderExcluir
  4. Collor de Mello poupou o Brasil de 92% de TEMPO, de HISTERIA, de DESONESTIDADE, de Palhaçadas Ao Vivo!

    ResponderExcluir
  5. O cara repórter da Record News, que é apresentador, e já me referi à parcialidade, está aí, de novo, dizendo que Renan Calheiros foi "comprado" pela viagem à China...

    ResponderExcluir
  6. Eu penso que até canalhas, calhordas e corruptos tem noção de quando se chega ao cúmulo do ridículo.
    Estamos nos livrando da DEMOCRATURA PETISTA, porém analiso que se aproxima outra mais perigosa.
    A ditadura pastoral evangélica, com candidatos da igreja UNIVERSAL construindo candidaturas em muitas capitais.
    As ditaduras socialistas e religiosas são tão perigosas quanto a do estado islâmico.
    DEMOCRACIA NADA TEM A VER COM LIBERDADE, TEM TUDO A VER COM ISONOMIA DE DIREITOS E DEVERES.
    A LIBERDADE É APENAS UMA CONSEQUÊNCIA INTRÍNSECA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É de se lamentar, mas é verdade temos candidatos fortes da igreja universal (PRB), pelo menos em S.Paulo com Russomano e no RIO com Crivella.
      O que se espera é que a população se toque e esses pangarés que começam bem, terminem na rabeira.

      Excluir
  7. Aécio Neves continua sendo uma figura bizarra da política, como lemos em matéria da Jovem Pan:

    A reação de Renan Calheiros, que, ao tentar pacificar os ânimos, acabou provocando o efeito contrário, surpreendeu os senadores dos dois lados. Insatisfeito com as declarações feitas na sessão de ontem (25) por Gleisi Hoffmann (PT-PR), de que o “Senado não tem moral para julgar a presidente Dilma”, Renan disparou: “Como uma senadora pode fazer uma declaração dessa? Exatamente uma senadora que, há 30 dias, o Presidente do Senado Federal conseguiu no Supremo Tribunal Federal desfazer o seu indiciamento e do seu esposo” afirmou. “Mentira”, reagiu Gleisi, que, pouco antes havia chamado o presidente da Casa de “canalha” – fora do microfone.

    “Talvez tenhamos ultrapassado um pouco o limite do aceitável. Isso aqui é o Senado da República”, disse o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG). “Eu acho que o que de grave aconteceu aqui foi a manifestação da senadora Gleisi de contestar a moral do Senado Federal. Ora, se ela acha que essa casa não tem moral ela deveria dela se ausentar, não participar ou então dizer que ela se insere naqueles que ela considera sem moral”, atacou o senador tucano, que chegou a sugerir que os colegas tomem um chá de camomila e suco de maracujá para se acalmarem.

    “É hora de botarmos panos quentes, vamos zerar daqui para trás e vamos olhar daqui para frente”, concluiu Aécio.

    “Desculpa falar, mas ele como bombeiro ‘tocou’ fogo né”, disse Lindbergh Farias (PT-RJ). “Surpreendeu todo mundo, parecia descompensado. Eu acho, sinceramente, que o presidente Renan perdeu a chance de ficar calado, porque ele podia ter tido uma fala para acalmar os ânimos, mas fez o contrário: ‘tocou’ mais fogo”, acrescentou o senador, que saiu em defesa da colega.


    Ele não aprende. É incorrigível.

    Em 2014, Aécio apanhou feito cachorro ladrão de Dilma. No único debate em que apanhou pouco (mas ainda assim apanhou), chamou Dilma de “leviana”. Rapidamente, o PT aplicou-lhe uma armadilha: disse que ele foi “agressivo com mulheres”. Feito bocó de mola, saiu dizendo “é, realmente a agressividade foi grande, vamos diminuir”. Os petistas morreram de rir e duplicaram a rotulagem para cima da cabeça dele.
    Aqui ele cai na mesma pataquada daquelas eleições. Os petistas estão ofendendo sem parar. Pois num único dia em que seus adversários resolveram apanhar pouco (e ainda assim estão apanhando), os petistas fizeram o jogo de cena para dizer que “todos estão agressivos”. E lá vai o Sr. Aécio Neves emitir a narrativa “talvez tenhamos ultrapassado um pouco o limite do aceitável”.

    “Tenhamos” é o caralho, Aécio Neves. “Tenhamos” é o quinto dos infernos. Foram os petistas – e só – que deram baixaria. E assim que foram revidados “de leve”, fizeram jogo de cena. Era para apontar o dedo para os petistas, e não reconhecer “a agressividade de todos”, que nem de longe existiu.

    Aécio continua o mesmo desde as patéticas eleições de 2014. Vai ser difícil aturá-lo deste jeito nas eleições de 2018.
    Luciano Henrique, Ceticismo Político, 27-8-2016

    ResponderExcluir
  8. Nas nossas pesquisas aqui ao lado...

    no Rio de Janeiro:
    Flavio Bolsonaro (PSC) 50.72% (35 Votos)
    Índio da Costa (PSD) 14.49% (10 Votos)
    Carlos Osório (PSDB) 7.25% (5 Votos)
    Marcelo Freixo (Psol) 7.25% (5 Votos)
    Outro(a) candidato(a) 7.25% (5 Votos)
    Marcelo Crivella (PRB) 4.35% (3 Votos)
    Jandira Feghali (PCdoB) 2.9% (2 Votos)
    Pedro Paulo (PMDB) 2.9% (2 Votos)
    Carmen Migueles (Novo) 1.45% (1 Votos)
    Cyro Garcia (PSTU) 1.44% (1 Votos)

    em São Paulo:
    João Doria (PSDB) 66.67% (12 Votos)
    Celso Russomano (PRB) 11.11% (2 Votos)
    Fernando Haddad (PT) 11.11% (2 Votos)
    Denise Abreu (PMB) 5.56% (1 Votos)
    Marco Feliciano (PSC) 5.55% (1 Votos)

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-