quinta-feira, 16 de abril de 2020

Em meio à quarentena, BRT tem 55 casos de furtos e vandalismo

Raphael Fernandes

Em meio ao momento difícil que estamos vivendo, a violência, bastante presente no dia a dia do Rio de Janeiro, mas que, devido à quarentena, poderia ficar “desaparecida”, não deixou de existir, infelizmente.



Nas estações do BRT como um todo, por exemplo, foram registrados, nos últimos 20 dias, um total de 55 casos de furtos e vandalismo. Especificamente falando, foram 25 no corredor Transcarioca, 22 no Transoeste e 8 no Transolímpica.

Nesta terça-feira (14/04), a estação “Praça do Carmo”, da linha Transcarioca, na Penha Circular, Zona Norte da cidade, foi roubada e vítima de vandalismo. Atualmente, ela encontra-se inoperante.



No último domingo (12/04), a estação “Rede Sarah”, localizada em Jacarepaguá, na Zona Oeste, e também pertencente ao corredor Transcarioca, já havia sido vandalizada. Embora ela estivesse funcionando normalmente, por conta do ocorrido precisou ser fechada e não tem data para ser reaberta.
Título e Texto: Raphael Fernandes, Diário do Rio, 15-4-2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-