quinta-feira, 26 de março de 2015

Uma nova rasteira nos aposentados

Almir Papalardo
Ontem, mais uma vez, cairam por terra as esperanças dos aposentados que acumularam outra grande decepção, adicionando-a a sua já vasta e interminável coleção de decepções. O governo através de uma ardilosa Medida Provisória, conseguiu aprovar ante a pusilanimidade do presidente da Câmara, que escorregou na primeira casca de banana que pisou, a valorização do salário mínimo até o ano de 2019. Excluiu da Medida Provisória, como era a sua obstinação, os aposentados do RGPS que ainda recebem acima do piso.


Chega a nos causar uma grande repulsa ao ouvir os líderes da base governista, querendo impor no peito e na marra as medidas que interessam a presidente, atropelando os líderes da oposição que se mostram bastante tímidos, longe de chegarem perto dos petistas quando faziam antagonismo ao governo FH, permitindo que a presidente saia vitoriosa em quase todas as discussões e votações plenárias.

Como compreender essa força petista que mesmo estando em fase descendente, consegue se manter no poder, aprovando medidas de interesse próprio em detrimento do desejo contrário da maioria dos cidadãos? No meu entendimento existem dois motivos que garantem ao PT uma carreira vitoriosa, passando por cima das severas mas inúteis críticas que fazemos!

1º) A fidelidade dos seus eleitores que lhes garante um grande percentual de votos, o suficiente para ultrapassar aos seus rivais. Até aí tudo bem, porque estamos numa democracia e ninguém pode ser condenado por votar conforme suas convicções.  

2º) Agora, o que acho mais grave, é a teimosia dos eleitores contrários a gestão petista, que teimam em não aproveitar seus votos, jogando-os na lixeira, quando poderiam ser aproveitados para desbancar a prosopopeia dos governantes petistas.

Temos a faca e o queijo na mão e não sabemos como degustá-lo, por manter um ódio mortal mas inútil ao FHC. Fernando Henrique merece o nosso repúdio? É lógico que merece! Mas já se passaram doze anos do seu governo, sendo uma tática infrutífera investir agora contra ele, e uma tolice maior ainda punir todos os candidatos tucanos. O nosso foco principal deveria ser somente contra os atuais líderes partidários do governo, enfraquecendo-os, porque estamos gastando nossas bombas antiaéreas, bombardando somente cemitérios inimigos! Inutilidade total...

Lembrem-se que Dilma venceu Aécio com 3,5 milhões de votos a mais, quando, vimos desolados, que 37 milhões de votos foram desprezados. E assim, querendo mostrar a todos uma intolerância aos políticos da oposição, já vimos o deboche dos petistas contra os aposentados durar já 16 anos, quando perdemos três eleições para esse partido que muito nos prejudica e ainda vai prejudicar mais! 
Título e Texto: Almir Papalardo, 26-3-2015

Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-