sexta-feira, 30 de março de 2018

Associado da APRUS relata a última assembleia


Sidnei Oliveira

Boa tarde a todos, com desejos de uma Feliz Páscoa!

A APRUS realizou no último dia 28 de março, às 14 horas, no auditório do Edifício Flamengo Park Towers 66, Praia do Flamengo, um encontro para os associados a fim de esclarecer pontos sobre a defasagem tarifária, bem como o porquê de a instituição entrar com uma petição para esclarecimento dos valores a serem recebidos pelos Planos I e II - AERUS.

A APRUS deverá editar uma ata daquela reunião. O que entendemos dos esclarecimentos segue abaixo.

A sessão foi capitaneada pelo presidente da APRUS – estando presentes outros diretores da associação – que esclareceu o seguinte:

A APRUS/APVAR entraram com petição no sentido de contestar os valores apurados, que pelo responsável do lado do governo perfazia cerca de R$ 5,1 ou R$ 5,2 bilhões de reais a serem destinados aos Planos I e II, e não à "Massa Falida"; entretanto o advogado da APRUS apurou uma soma a maior, sendo de R$ 7,5 bilhões de reais. O presidente da APRUS argumentou então, que estava visando os interesses do grupo como um todo, não podendo deixar de contestar algo com uma diferença que viesse a prejudicar os assistidos.

Um fato particular chamou a atenção: dos 525 filiados à APRUS, estávamos ali presentes apenas 30 pessoas - criticado por um dos que assistiam a reunião no auditório. O senhor Sérgio Prates, do conselho consultivo da APRUS, observou que parecia que o grupo dos assistidos, ativos prejudicados & outros mostravam-se "alienados" a tudo o que estava acontecendo (após a falência da VARIG); que o montante a ser pago , após a sentença, deveria, de fato, ir para os Planos I e II, pois se fosse destinado à "massa falida" complicaria ainda mais a questão, sendo que o administrador da "massa falida" receberia por lei e direito  1%  do valor total, que pelas  contas do advogado da APRUS, que está do nosso lado, são cerca de R$ 7,5 bilhões.

A maioria das pessoas ali presentes contava com idade acima dos 70 anos, alguns com dificuldade de locomoção; houve quem argumentasse não utilizar a internet para se manter informado(a), seja qual for o motivo pessoal. O presidente da APRUS incentivou a buscar todas as informações e esclarecimentos pertinentes à massa falida, defasagem tarifária e outros assuntos do interesse coletivo dos associados, assistidos, prejudicados & outros, sempre na página da APRUS: www.aprus.com.br 

Entendemos, pois, que houve esclarecimentos plausíveis e coerentes por parte daquela direção; não obstante, estamos anexando um áudio (abaixo) da FENTAC, coincidentemente gravado no mesmo dia do encontro no auditório do prédio Flamengo Park Towers, no qual a protagonista, que ao nosso ver corrobora a luta pelos direitos de todos os beneficiários do universo Varig, mostra-se otimista pelas ações em curso, e menciona a petição das aludidas associações acima.


Por fim, tudo isto transparece que o conjunto anseia os mesmos resultados, mas a comunicação é processada em diferentes idiomas, o que acarreta muitas vezes desavenças e discordâncias desnecessárias pelo fato de a língua falada não ser a mesma. Esta é uma proposta do signatário no caminho da união e da concórdia, assim como Jesus sentou-se à mesa com os onze discípulos para cearem juntos. A lição precisa ser aprendida e assimilada; ainda há tempo.

Um ótimo final de semana, sob a proteção do Altíssimo.
Título e Texto: Sidnei Oliveira, 29-3-2018

Relacionados:

4 comentários:

  1. Na realidade somos sobreviventes dos reais causadores de tanto sofrimento, doenças e mortes, e eles chamam-se LULA e GRAZIELLA BAGGIO. Se houverem migalhas após isto será um milagre.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Sidnei, pelas valiosas informações.
    Particularmente a do número de associados da APRUS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escutei, com muita atenção, a mensagem de Graziella Baggio. Coisa rara, mas que, desde já, se tornou um hábito.

      Excluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-