sábado, 9 de fevereiro de 2019

[Foco no fosso] Seja bem-comportado

Haroldo P. Barboza

O fogo no Ninho do Urubu (RJ) poderia ter sido retardado para dar tempo de fuga aos atletas falecidos pelo incêndio em suas instalações em fevereiro de 2019. Mas não foi, pois algum “retardado” não teve a preocupação de usar os produtos conhecidos para este objetivo.

No local também não haviam duas portas de saída.

O extintor mais próximo estava vencido há dois anos.

A licença da Prefeitura no local contemplava um estacionamento para veículos. Não para humanos dentro de um cubículo onde eram amontoados quinze ou trinta jovens.

Mesmo assim, é provável que pessoas acima de sessenta anos conseguissem escapar do local (30 m2) em vinte e oito segundos. Um atleta de dezesseis anos escaparia na metade deste tempo. Mas se o revestimento das paredes libera gases tóxicos em menos de doze segundos, nem atletas escapam.

QUE TIPO DE MATERIAL FOI USADO NAS PAREDES DESTES DORMITÓRIOS?

Pela tradição de nosso processo judicial tão contaminado quanto os antros legislativos e fiscalizadores, suspeitamos que a exemplo da boate Kiss, represas de Mariana e Brumadinho e deslizamento de encostas urbanas por ocupação irregular, o culpado por este evento também vai debitar na conta de DONA FATALIDADE pelo sinistro ocorrido.

Se ela for levada aos tribunais, deve pegar uma pena de 450 anos de reclusão. Com bom comportamento, em cinco anos ela estará livre para ser acusada de novas tragédias.
Título e Texto: Haroldo P. Barboza, 9-2-2019

Relacionados:

Anteriores:

Um comentário:

  1. ÀS VÍTIMAS DE BRUNINHO E AOS ATLETAS JOVENS DO FLAMENGO, nossos sentimentos!
    À razão humana é vetado o alcance de compreender as razões dos acontecimentos catastróficos da Natureza e mesmo os desastres criminosos perpetrados pela mão do homem - o mal que perpassa o mundo. Filósofos debruçaram-se na história da filosofia e tentaram penetrar neste mistério: Por que existe o mal no mundo? Que mundo é este criado por Deus com tanta miséria? Por que terremotos destruindo cidades? Por que vulcões que com suas lavas enterram multidões? Por que barragens arrebentam e espalham a morte? Por que alojamentos pegam fogo e tiram o sonho de jovens atletas e os interrompem de dar alegria nos campos de futebol? Afinal, por que existem as coisas e não o nada? Teorias e mais teorias de filósofos tentando dar alguma explicação racionalmente sem viés religioso. O filósofo Leibniz tem uma teoria interessante: Dentre os infinitos mundos possíveis que poderiam ter sido criados por Deus, escolheu este que temos. E é este o mais perfeito que pôde criar. Qualquer outro possível não seria tão perfeito. Mas, a pergunta que não quer calar ainda persiste: por que então o mal neste mundo perfeito?... Deus não criou o mal, mas o admite no mundo em nome da liberdade...
    Façam as suas elucubrações! Leibniz fez a dele...
    Valdemar Habitzreuter

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-