quarta-feira, 8 de maio de 2019

Lembrai-vos da Varig e da Panair


Foto: Fábio Guimarães/Agência O Globo
"Credores e empresas de arrendamento de aviões pedem mudanças na ordem estabelecida para os pagamentos das dívidas da Avianca Brasil e até mesmo a elaboração de um novo plano de reestruturação para a companhia, que está em recuperação judicial desde dezembro. O plano atual, aprovado no mês passado, previa um leilão dos ativos da aérea divididos em sete unidades produtivas (slots, vagas nos pátios), mas o certame marcado para ontem não foi realizado.

Um dos credores, a Swissport conseguiu a suspensão na justiça. (...) Além da suspensão do leilão, a Swissport (a quem a Avianca deve R$ 17 milhões) pediu à justiça a aprovação de um novo plano para "atender aos interesses da coletividade de credores". 

(...) Há objeções também entre as arrendadoras de aviões, excluídas do plano de recuperação e, por isso, fora da lista de credores. Anteontem, duas dessas empresas - Celestial e PK Airfinance - entraram com recurso na justiça para solicitar que o valor devido pela Avianca (R$ 33 milhões) seja pago no momento em que a aérea quitar o empréstimo oferecido pela Latam para despesas de custeio até a venda de parte dos seus ativos. 

Advogados da arrendadora irlandesa Constitution Aircraft Leasing que quer receber R$ 67 milhões, fizeram o mesmo pedido à Justiça: "Deve ser concedido os arrendadores, no que toca à satisfação dos seus créditos pós-recuperação judicial, o direito de serem pagos antes de qualquer dos outros pagamentos". 

Meu comentário: Nos dois últimos recursos, seria cômico se não fosse trágico a demanda das empresas arrendadoras que buscam o direito de "serem pagas antes de qualquer dos outros pagamentos", ou seja, essas empresas, além de recuperar os aviões arrestados supostamente querem receber a dívida antes mesmo dos trabalhadores da Avianca! Será que na Irlanda não há lei trabalhista que proteja o trabalhador!

Texto: Alberto José, baseado em reportagem de O Globo, 8-5-2019

Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-