segunda-feira, 27 de maio de 2019

[Pernoitar, comer e beber fora] Café Beira da Gare


Fica bem em frente à saída da Estação do Rossio.

Well, na primeira vez que lá estive, comi uma bifana no pão, ao balcão. Gostei.


Foto: João Correia
Voltei, um dia do ano de 2014, com os netos, para comer a bifana no prato. Tenho uma boa lembrança.
Eis a foto daquela minha bifana:



Pois bem, num dia de junho deste ano da graça de 2019, em busca de um restaurante para levar os colegas depois do happy hour, lá adentrei e depois de sentado, cardápio visualizado, encomendei “bifanas guarnecidas”. Não, não estavam ruins, tampouco estavam ótimas! Além disso, provei que a pequena garrafa de vinho foi muito cara.



Voltei com a turma de amigos e colegas para jantar, no entardecer de 17 de maio de 2019. O casal MJ/ML pediu, ele, as “guarnecidas”, ela, a salada de polvo. Que, gentilmente, me convidou a provar: estava bom. 

Para uma refeição ‘convencional’, well... pode ser. 😉. Mas, para um jantar com familiares ou amigos, não contem comigo!

Volto a alertar:
“Pode comê-la, a bifana, ao balcão, de pé, custará X. Se comê-la no salão, à mesa, pagará X+Y. No exterior, na esplanada, pagará X+Y+Z.”

Relacionados:

Anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-