domingo, 19 de julho de 2020

PL das fake news limita a liberdade de expressão, critica Bolsonaro

Presidente da República classifica o PL das fake news como uma “tentativa de botar limites na liberdade de expressão”. “Não tem que ter limites na internet”, defende Bolsonaro

Foto: Alan Santos/PR
Rodolfo Costa

O presidente Jair Bolsonaro criticou o Projeto de Lei (PL) 2630/20, o chamado PL das fake news. Em comentário a apoiadores neste sábado, 18, no Palácio da Alvorada, ele classificou a proposta como uma “tentativa de botar limites na liberdade de expressão”. A conversa foi filmada em live no Facebook.

Não é a primeira vez que Bolsonaro critica a proposta. A reclamação, por sinal, ocorre dias depois de um protesto feito por deputados aliados na Câmara, entre eles, os deputados Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e Carla Zambelli (PSL-SP). Em live no início do mês, ele sugeriu que, se aprovado, colocaria a matéria sob consulta popular.

As críticas ditas neste sábado não foram diferentes. “Vocês sabem que a liberdade de expressão é essencial se você quer falar em democracia. O Congresso está discutindo aqui, já passou no Senado, está na Câmara, seria a lei das fake news. Acho que é mais uma tentativa de botar limites na liberdade de expressão”, declarou.

O presidente defendeu que não é necessário uma lei sobre o tema. “Não tem que ter limites na internet. Se alguém se vir prejudicado, entra na Justiça. Está previsto calúnia, difamação, injúria. Não tem que inventar mais nada”, ponderou.

Se aprovado o PL das fake news, Bolsonaro teme pela perda da liberdade de expressão. “Vai virar terra de ninguém, um terreno onde você vai perder a liberdade, não vai poder se manifestar sobre nada”, criticou.

Título e Texto: Rodolfo Costa, revista Oeste, 19-7-2020, 19h30

Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-