quarta-feira, 15 de junho de 2016

[Estórias da Aviação] As faixas da autoridade

Um Chefe de Equipe, famoso pelas suas tiradas, falou ao Comandante sobre uma decisão que havia tomado a respeito do serviço no avião. O Comandante, sem dar qualquer alternativa, desaprovou a decisão. Um colega, que estava ao lado, falou para o Chefe de Equipe:
“Viu... fulano? O "quatro faixas", que é a autoridade, não gostou da sua ideia!”
O Chefe de Equipe respondeu:
"Olha cara, se faixa fosse sinal de autoridade, zebra era presidente da República!"
...................................

Aquele "galley" era boa gente, mas era grosso e temido por alguns tripulantes.
Durante um voo, após o jantar, o Nogueira perguntou ao Comandante Scalabrin se ele aceitaria sobremesa. O comandante perguntou: “Tem uvas na cesta?” Resposta afirmativa. “Então, me traz um cacho de uvas brancas!”
Alguns minutos depois o Nogueira voltou. "Comandante… não tem uva branca... só tem verde e marrom"
....................................

Aquele Comandante, hoje junto ao Senhor, era ostensivamente homofóbico. Certa vez, ao receber a apresentação da tripulação dentro do B-727, chegou a vez de receber os cumprimentos de um colega que era bem delicado. Então, com bastante ironia ele falou para o colega:
"Então... quer dizer que temos uma bicha a bordo?”!
O colega respondeu no ato:
“Então, são duas bichas, Comandante... porque eu também sou!”
.....................................

O mecânico de terra estava fazendo prova no Ensino para Mecânico de Voo. A primeira pergunta de Motores: O que é anel de segmento? Resposta do candidato: É UM ANEL QUE VEM DEPOIS DO OUTRO!!!
.......................................

Aquele jovem co-piloto, bem delicado, estava assistindo a um "refreshment" sobre Aerodinâmica no Ensino.
De repente, o professor apontou para ele e disse:
"Você!... defina o que é sustentação!
Ele levantou e respondeu: "Sustentação é uma flor colhida no jardim das velocidades."
...........................................

O Comandante era um paquerador inveterado. Depois do embarque, ele chamou o comissário e falou: "Você viu aquelas duas morenas que embarcaram na Executiva? Pois bem, depois do jantar convide-as para conhecer o "cockpit"! Dito e feito, depois do jantar, para alegria dos tripulantes as duas morenas monumentais foram apresentadas à equipe. Depois de ter dado uma aula sobre navegação aérea, o Comandante saiu da cabine para oferecer um café às duas gatas.

Então, uma delas perguntou: "Comandante, onde é que vocês dormem?”
O Comandante, com um brilho maroto nos olhos abriu o sarcófago e mostrou as camas! A mais bonita falou: "Ai, que delícia, eu gostaria de dormir aí, me cobrir com essa roupa de cama!"
O Comandante então explicou: "Não dá pr'a dormir sozinha... no caso, eu teria que dormir junto."
Então, a outra morena retrucou: "Comandante, não leva a mal, mas homem para dormir com ela só passando por cima do meu cadáver!"
(Depois disso, foram proibidas visitas ao "cockpit"… rz, rz, rz)
................................



O B-747 estava no pátio aguardando para decolar com destino a Nova Iorque. Na hora de fechar as portas a 2L ficou travada. Veio o Mecânico de Voo mas não deu jeito. Os passageiros da Primeira Classe e da Executiva, preocupados, ficaram observando o movimento. Então, o pessoal da Manutenção colocou uma escada comum para que o mecânico pudesse mexer na parte inferior da pesada porta. Como a escada estava sem apoio o mecânico fez um movimento e a escada caiu. A sorte é que ele conseguiu se agarrar na escorregadeira da porta. E lá ficou pendurado gritando para o colega:
"JESUS, ME AJUDA AQUI NA PORTA!”
No terceiro grito, ouvido por todos, os passageiros amedrontados começaram a pegar a bagagem e sair da cabine comentando que o avião nem tinha decolado e já estavam pedindo ajuda a JESUS. Tivemos que explicar que Jesus era o nome do outro mecânico!
..............................................

O velho Comandante, depois de fazer o "check-list" pegava um caderninho sebento no briefcase, abria a página, lia e guardava no lugar. Ele fazia isso desde o tempo de aeroclube; diziam que era oração, era mensagem da mãe, etc.
Uma noite, na travessia do Atlântico ele teve um AVC. O primeiro-oficial sentou na esquerda, abriu o briefcase do colega e pegou o livrinho sebento com as páginas em branco. Dentro, só havia uma anotação:

"CABRAR PR'A TRÁS... PICAR PR'A FRENTE"!!

Título e Texto: Alberto José, 15-6-2016

Anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-