quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Enganos e consequências

Nelson Teixeira
Há pessoas que gostam de enganar os outros. Querem levar vantagem em tudo e não poupam esforços para satisfazerem suas necessidades e seus prazeres, ainda que seja enganando, ludibriando o próximo.

Essas pessoas podem até enganar a muitos por determinado período, mas chegará o momento em que elas se perdem nas próprias ilusões.

Enganar os outros é enganar a si próprio. Sabemos que o mal tem prazo de validade. Não dura para sempre. Em algum momento aquele que engana é desmascarado e a verdade aparece a todos de forma soberana, pois somente ela prevalece. A honestidade, a sinceridade e a lealdade são características dos fortes. Ao contrário do ato de enganar, ludibriar e iludir que são características dos fracos, que têm de usar desses artifícios para conseguirem aquilo que almejam.

Portanto, busquemos ser honestos com os outros e conosco, sendo verdadeiramente nós mesmos, sem artimanhas, sem enganos. Aceitemo-nos como somos e aos outros também, com as dificuldades e limitações de cada um. 
Título e Texto: Nelson Teixeira, Gotas de Paz, 7-9-2016

Um comentário:

  1. Prezado Nelson, este texto seria muito bem direcionado ao Senado, onde fazem tudo para angariar Votos.
    Abs
    Heitor Volkart

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-