sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Roda Viva Internacional: Theodore Dalrymple


O Roda Viva Internacional exibe a entrevista inédita com o psiquiatra e escritor britânico Theodore Dalrymple [foto], autor do livro 'Não com um estrondo, mas com um gemido - A política e a cultura do declínio', que retrata a decadência que ele defende existir na sociedade da Grã-Bretanha.

Com a experiência de quem trabalhou como médico em prisões, periferias de grandes cidades e também em países da África, do Leste Europeu e da América Latina, Dalrymple fala nesta entrevista sobre os ressentimentos e a vitimização resultantes da desigualdade social, os limites da neurociência e a saída do Reino Unido da União Europeia, entre outros assuntos.


Texto e Vídeo: Roda Viva, 3-1-2017

Leia também: 

Um comentário:

  1. Alguns comentários no Youtube:

    Daniel Braga
    Que vergonha desses entrevistadores. Foi constrangedor.

    Danilo Bruno Assis
    O despreparo dos entrevistadores é gritante, sofrível. Isso nos mostra o quão estamos distante de um nível razoável de conhecimento. Precisamos melhorar a nossa intelectualidade. Chega de perguntas rasas. O entrevistado tem muito mais a oferecer.

    Márcio Viotti
    No minuto 40 desta entrevista há um erro de tradução cabeludo. O entrevistado afirma que presos na Inglaterra dizem que cometeram de 5 a 20 vezes mais crimes do que aquele que os condenou. A tradução inverte isso dando a entender que foram condenados de 5 a 20 vezes mais tempo que o prescrito ao crime que cometeram.
    Será que tem algum esquerdista na tradução exercendo censura ideológica?

    Pedro Lima
    Excelente programa. Dalrymple é um grande e bem humorado pensador contemporâneo. Vale muito à pena assisti-lo apesar de alguns dos entrevistadores não terem sequer lido um livro dele - uma destas disse "tentei ver seu vídeo mas não vi inteiro..." Sério? Precisava ter dito isso? Nem um vídeo ela viu?

    Cristiano Abel
    Excelente entrevista. Parabéns ao Roda Viva por trazer um cara como o Theodore pro Brasil. Senti uma falta de dinamismo por parte dos entrevistadores, e o tempo foi muito curto, mas valeu a pena assistir. Espero a próxima entrevista, e eu, assim como imagino um monte de gente gostaria de ver o Pondé entre os entrevistadores.

    Edson Ferreira
    Foi duro assistir esta entrevista até o final. Entrevistadores deixaram o entrevistado completamente perdido com perguntas que não tem a ver com ele e com o assunto dos seus livros. Essa entrevista com Theodore Dalrymple teria sido melhor se soubessem simplesmente o quer perguntar a ele. Um desperdício.

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-