sexta-feira, 20 de abril de 2018

Gleisi Hoffmann pediu ajuda a terroristas islâmicos para libertar Lula?


Gilmar Lopes

É verdade que a presidente do Partido dos Trabalhadores Gleisi Hoffmann enviou um vídeo à Al-Qaeda pedindo apoio aos terroristas para libertar o ex-presidente Lula?

No dia 18 de abril de 2018, um vídeo com legendas em árabe e com a imagem da senadora Gleisi Hoffmann se espalhou nas redes sociais. No vídeo em questão, a parlamentar se dirige ao mundo árabe para falar sobre a prisão do ex-presidente Lula.

Após a disseminação do vídeo, acusações de atentado à Soberania Nacional caíram sobre Hoffmann. Várias publicações acusaram a presidente do PT de incitar o terrorismo no Brasil com a ajuda de grupos terroristas da Al-Qaeda.

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

Verdade ou mentira?

No dia 18 de abril de 2018, foi ao ar pela TV Al Jazeera, no Catar, um vídeo gravado pela senadora Gleisi Hoffmann chamando a atenção do mundo árabe para a prisão (segundo ela) arbitrária e sem provas do ex-presidente Lula. Hoffmann afirma no vídeo que Lula é um preso político:

“Me dirijo ao mundo árabe, através da Al Jazeera, para denunciar que o ex-presidente Lula é um preso político em nosso país […] Lula foi condenado por juízes parciais num processo ilegal. Não há nenhuma prova de culpa, apenas acusações falsas”, diz a senadora em um trecho do vídeo!

No vídeo original, a parlamentar trabalha com o mesmo discurso usado pelo Partido dos Trabalhadores e aliados, que diz que Lula teria sido condenado por juízes parciais com a “ajudinha” da mídia demoníaca (e também dos Estados Unidos).


Antes de prosseguirmos, temos que explicar alguns pontos:

·        Não estamos analisando aqui se o Lula é culpado ou não;
·        Não estamos apoiando e nem “desapoiando” o ato;
·        Em momento algum a parlamentar convoca os terroristas, a Al-Qaeda ou fala de invasão;
·        O vídeo não foi enviado em segredo à TV Al-Jazeera;

Por uma questão de justiça, vamos explicar aqui que nem tudo são flores. Na verdade, Gleisi mistura dados incorretos com dados reais em sua narrativa, como você pode conferir a seguir:

Lula foi o único a visitar o Oriente Médio?

Em um trecho do vídeo, Gleisi Hoffmann afirma que o ex-presidente Lula teria sido o único presidente brasileiro a visitar o Oriente Médio. No entanto, ele não foi o único! Diferente do que afirmou a senadora, a ex-presidente Dilma Rousseff também fez visitas oficiais a países dessa região.
O Brasil foi um dos 3 países não árabes convidado para a Conferência de Annapolis em 2007?

Em novembro de 2007, os Estados Unidos receberam a comunidade internacional para discutir os acordos de paz entre Israel e a Palestina na chamada Conferência de AnnapolisComo você pode conferir aqui, além do Brasil, foram também convidados o México, a Noruega, o Canadá, a Espanha, a Itália e outros países não árabes para a reunião.

Fake News
Mesmo a senadora não citando grupos terroristas em nenhum trecho do vídeo, várias publicações começaram a se espalhar nas redes sociais afirmando que a senadora estaria cometendo um atentado à Soberania Nacional ao incitar o terrorismo islâmico no Brasil.

Uma das maiores disseminadoras dessa fake news foi a página Bia Kicis, que postou uma versão editada do vídeo dando a entender que a presidente do PT estaria pedindo “ajuda a terroristas” para tirar o Lula da cadeia:


No momento da nossa publicação no E-farsas, a postagem da página Bia Kicis já tinha sido vista mais de meio milhão de vezes e sido compartilhada mais de 30 mil vezes!

A partir desse vídeo publicado na citada página, outros sites especializados em disseminar notícias falsas começaram a espalhar que Gleisi Hoffmann estaria incitando o terrorismo!

O vídeo original pode ser visto na íntegra na página oficial da senadora Gleisi Hoffmann no Facebook:


O simples fato da parlamentar publicar o vídeo em sua página, um dia antes, acaba com a teoria de que ela teria “traído seu país” e tramado com terroristas islâmicos em segredo!

Não encontramos nenhuma notícia relacionada a esse vídeo no site da TV Al Jazeera. A verdade é que, conforme informado por nossos leitores, o discurso de Gleisi Hoffmann foi veiculado apenas no canal Al Jazeera Mubasher. Uma plataforma de vídeos aberto onde qualquer um pode publicar o que quiser!

De acordo com o Estadão, a Procuradoria-Geral da República instaurou procedimento preliminar para analisar a possibilidade de abrir inquérito sobre o vídeo gravado pela presidente do PT.
   
Conclusão
Ser árabe não significa ser terrorista! Ser islâmico não significa ser terrorista. A senadora dirige seu vídeo ao mundo árabe, mas não fala sobre terroristas em momento algum!
Título, Imagens e Texto: Gilmar Lopes, E-Farsas, 19-4-2018

Relacionados:

3 comentários:

  1. Prezado vide a conclusão ao pé do texto acima;
    Conclusão
    Ser árabe não significa ser terrorista! Ser islâmico não significa ser terrorista. A senadora dirige seu vídeo ao mundo árabe, mas não fala sobre terroristas em momento algum!
    Paizote
    PS; Não gosto dela ! e a conclusão não é minha ,mas...

    ResponderExcluir
  2. Permita-me corrigir.
    Além da AL-JAZIRA tem a -AL-MAYADIN, AL-MANAR, AL-JADEED, AL-JIHAD, AL-ALAN NÃO PROCUREI MAIS.
    Todas retransmitiram a mensagem.
    A mensagem acima contém atos de pedido de ajuda ao mundo árabe.
    Basta meio conteúdo da meia mensagens, somos inteligentes.
    fui...

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-