sábado, 21 de abril de 2018

Motoristas [de ambulâncias] passam a pagar multa por excesso de velocidade [em Portugal]

Rodolfo Reis

Motoristas podiam alegar o caráter de pedidos de urgência médica e bastava ao INEM contatar a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), para o caso ser arquivado. Agora, o INEM vai ser obrigado a identificar os condutores se estes excederem os limites de velocidade.


O INEM vai ser obrigado a identificar os seus condutores caso estes sejam apanhados a conduzir com excesso de velocidade, relata esta quarta-feira a “SIC”. Anteriormente, os motoristas podiam alegar o caráter de pedidos de urgência médica que levava as viaturas a serem multadas a exceder os limites de velocidade e bastava ao INEM contatar a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), para o caso ser arquivado.

Agora o INEM tem de dar conta da identificação do condutor que excedeu os limites de velocidade à ANSR, para originar “uma notificação de contraordenação que é enviada para a morada do condutor”, pode ler-se no documento enviado aos coordenadores das viaturas médicas.

No mesmo comunicado é referido que o condutor “tem 15 dias úteis desde que recebe a notificação para proceder ao pagamento da coima e\ou apresentar defesa por escrito. Orlando Gonçalves, do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Norte afirma que “os trabalhadores já são extremamente mal pagos. O INEM funciona, como todos sabemos muito mal, com muita carência de pessoas e, portanto, os trabalhadores e os condutores das ambulâncias quando vão prestar socorro público a vítimas de acidentes ou de doenças não têm que estar limitados a pensar que depois ainda vão receber uma coima em casa, que ainda vão ter de andar no advogado para se defender deste tipo de situações, sem ter nenhuma garantia que a vão resolver, sem ter de perder pontos na carta, de pagar coimas. Isto é inadmissível”, sublinha.
Título [JP], Imagem e Texto: Rodolfo Reis, Jornal Econômico, 19-4-2018

4 comentários:

  1. A sério!!!!
    Este país precisa de uma reviravolta!!!
    Já está a meter demasiado nojo!!!
    https://www.facebook.com/groups/138887849829057/?ref=group_header

    ResponderExcluir
  2. http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2018-04-19-INEM-ja-nao-vai-ser-multado-por-excesso-de-velocidade-durante-uma-emergencia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente que foi graças à indignação, revolta, ridicularização (chamem como quiserem), expressa e exposta por aí e por aqui que aconteceu a anulação.

      Excluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-