terça-feira, 7 de abril de 2020

Coronavírus: Hospital da Fiocruz será mantido mesmo após fim da pandemia

Raphael Fernandes

Boa notícia para a área da Saúde no Rio de Janeiro. O hospital voltado ao tratamento do Coronavírus que está sendo construído no campus da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Manguinhos, na Zona Norte da cidade, será mantido mesmo após o fim da pandemia.


O centro hospitalar, que atenderá casos graves da Covid-19, terá 200 leitos, sendo 180 de UTI.

“O Instituto Nacional de Infectologia da Fiocruz é referência nacional. Esses leitos vão estar sob a coordenação desse instituto e, passada a pandemia, passam a ser parte integrante do Instituto”, disse Mário Moreira, vice-presidente de Gestão e Desenvolvimento Institucional da Fiocruz, complementando: “Esse hospital foi concebido segundo modernas técnicas de construção, sistemas de informação e protocolos de atendimento. A gente está pensando em tudo, não só na construção do hospital.”

Para acelerar o processo de finalização da construção, a Fiocruz deu início ao programa “Unidos Contra a Covid-19”, que visa a arrecadação de doações do setor privado para ampliar o combate à pandemia.

Essa ajuda também engloba um incentivo à produção de testes rápidos e moleculares, o aumento de testagem de amostras e a realização de pesquisas voltadas ao tratamento da Covid-19.

Todos os detalhes do “Unidos Contra a Covid-19”, bem como sua prestação de contas, estarão disponíveis no site oficial do programa.
Título, Imagem e Texto: Raphael Fernandes, Diário do Rio, 6-4-2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-