domingo, 15 de setembro de 2019

[Para que servem as borboletas?] O que será de nossa capitalização, velhinhos e velhinhas do Aerus?

Valdemar Habitzreuter

Bom, não sei a quantas anda o desenrolar das tentativas de reversão à suspensão de nossos salários do Aerus; por enquanto nenhuma autoridade de peso veio nos dar informações cabais e explícitas do que será e virá.

Setembro está a correr célere e as contas de outubro a pagar já estão chegando. Seria triste saber que a União se manterá inflexível pela manutenção da suspensão. Nesse caso, a AGU não é a vilã que supúnhamos ser, foi um mero instrumento intermediário da alta cúpula do governo para anunciar os cortes dos salários dos aposentados do Areus.

Paulo Guedes quer se notabilizar neste governo como ministro que salvou o país do caos econômico, mesmo que tenha que matar milhares de velhinhos que ao longo dos anos adotaram a capitalização como aposentadoria complementar e que era, justamente, o leitmotiv de Guedes para que esta modalidade fosse adotada e inserida na Reforma da Previdência. E agora o que vemos? Cassa nossos recursos capitalizados. Como confiar neste governo que passa por cima da Justiça, desrespeitando seus vereditos?

E não fica só nisso: Resta saber se esta supressão salarial teve o aval do Presidente. Pelo andar da carruagem temo que sim, já que confia, incondicionalmente, no posto Ipiranga. Se for o caso, nosso Presidente age de má fé, fugindo da responsabilidade ao não verificar o dano moral e físico que isso causará a tantos idosos, com esta medida malsã de um ministro seu…

Conservemos a esperança de que o Presidente honre sua postura cristã e olhe para os velhinhos que só querem o que lhes é de direito - a tutela - e conquistado através da Justiça…
Título e Texto: Valdemar Habitzreuter, 15-9-2019

Colunas anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-