sábado, 24 de março de 2012

A “violência” policial…

Alberto de Freitas
As televisões fizeram eco de tal violência. Assistiu-se vezes sem conta ao “carregar” da polícia sobre um inocente grupo de criaturas com nome de filme de espionagem série “B”: Plataforma 15 de Outubro. A imagem da esplanada num caos a ser percorrida por energúmenos fardados que, de cassetete em punho, cercavam o impávido Fernando Pessoa, justificava a chamada ao Parlamento de tudo o que é Governo: a democracia em perigo – clama o BE e outras forças “progressistas” (o progresso é realmente uma preocupação das ditas forças)…
Mas eis que no Expresso online surge um vídeo – de certeza das forças “atrasadistas” – que mostra os antecedentes da carga policial: uma série de pacifistas-progressistas a defenderem-se. Mas como seguidores da teoria que a melhor defesa é o ataque, toca de pegar nas cadeiras, mesas e afins e atirá-los aos tais energúmenos fardados.
Que a polícia puna a utilização da força exagerada, que identifique os sádicos; mas também, que a comunicação social comece as histórias pela verdade dos factos...
Título e Texto: Alberto de Freitas

Imagem retirada daqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-