domingo, 28 de agosto de 2016

A peça teatral ‘Dilma Rousseff’...

Valdemar Habitzreuter
Desde quinta-feira (25/08) está sendo encenado pela TV Senado o grande espetáculo do impeachment de Dilma.



O primeiro ato terminou ontem (27/08). Este primeiro ato foi a demonstração de forças pró e contra de Dilma voltar a governar o país. Tanto as personagens do pró quanto as do contra são exímios atores. Os atores pró Dilma, no papel de testemunhas ou informantes, usaram muito bem suas máscaras de personagens como eminentes advogados, economistas e professores de renomadas Universidades do país na defesa de Dilma. O incauto telespectador, sem dúvida, poderia facilmente tender para o lado da defesa de Dilma se não se atentasse aos falaciosos argumentos apresentados. Parecia que o crime de responsabilidade fiscal cometida por Dilma desaparecia num toque de mágica pela verborragia bem montada dos atores da defesa.

Os atores da acusação tiveram muito trabalho para demonstrar as falácias argumentativas dos exímios atores pró Dilma. É impressionante como a linguagem é rica em manobras verbais em que uma mentira pode, sub-repticiamente, ser transformada em suposta ‘verdade’ pela boca de inescrupulosos personagens.

E amanhã teremos o prosseguimento da encenação teatral; será talvez o auge da peça em que a protagonista Dilma se apresentará tentando reverter sua situação de ré para vítima nesse imbróglio do impeachment. Mas como sabemos, ela não possui a coordenação verbal para dar sentido a sua fala, além de já ter sido provado sua culpa no desastre e caos econômico que o país atravessa com suas pedaladas e decretos suplementares sem a autorização do Congresso. Aventa-se que que o único recurso de Dilma seria o choro para sensibilizar a audiência. Vamos ver se ao menos isso ela é capaz de fazer, sabendo que será o choro de despedida. Não percam, pois, o gran finale dessa peça teatral ‘Dilma Rousseff’...    
Título e Texto: Valdemar Habitzreuter, 28-8-2016

Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-