terça-feira, 6 de dezembro de 2016

“STF, condene os corruptos e não os bebês!”

Paulo Roberto Campos


Das incontáveis frases “bem sacadas” que observei na manifestação de domingo (4 de dezembro) na Avenida Paulista, destaco esta: “STF, CONDENE OS CORRUPTOS E NÃO OS BEBÊS!”. Creio que este slogan resume bem os recentes acontecimentos da política nacional: a tentativa do Congresso Nacional, na calada da noite de 29 de novembro, de absolver os crimes de políticos corruptos, e a condenação pelo STF de inocentes nascituros ao aprovar o aborto até o 3º mês de gestação. Tendo suas excelências aproveitado o momento em que a atenção do público estava focada no trágico desastre aéreo em Medellín.

Fotografei outra faixa que também faz alusão a essa absurda aprovação, com evidente usurpação do direito inerente ao Legislativo: “STF, ABORTE SEUS MINISTROS”. Faço questão de aqui destacar este aspecto anti-aborto observado nas manifestações de domingo, pois, com certeza, a grande mídia de orientação esquerdista não mostrará esse ponto de vista.



Mas assim como em São Paulo, nesse mesmo dia 4 de dezembro, em diversas outras capitais centenas de milhares de manifestantes saíram às ruas em protesto pela atual situação em que o PT deixou o Brasil e pedindo “Quero o meu País de volta”; “Nossa bandeira é verde e amarela, sem foice e martelo” e em apoio à “Operação Lava-Jato” — com muitos cartazes de solidariedade ao Juiz Sérgio Moro.


Percorri a Avenida Paulista de ponta a ponta (desde a Rua da Consolação até as ruas próximas ao bairro do Paraíso) e tudo transcorreu na mais perfeita ordem, sem qualquer necessidade de intervenção policial [como se pode observar nas fotos abaixo]. De modo bem diverso foram os protestos contra a PEC em Brasília, onde baderneiros petistas violentos promoveram toda espécie de vandalismo, atacando inclusive os policiais.




Título, Imagens e Texto: Paulo Roberto Campos, ABIM, 5-12-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-