sexta-feira, 17 de maio de 2019

Lava-jato nas nuvens!

Alberto José

Segundo delação homologada, o presidente da ABEAR - Associação Brasileira das Empresas Aéreas administraria o fundo de Caixa Dois no qual a GOL, a TAM (Latam), Azul e a Avianca contribuíram com R$ 2,5 milhões para oito parlamentares (ativos) em troca do bom relacionamento com o Poder Legislativo.

A GOL teria contribuído com cerca de R$ 800 mil. A delação premiada foi homologada pelo juiz Valisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal de do DF e assinada pela Força Tarefa do MP.

Meu comentário:  Para obter pequenos favores de agentes públicos, a Varig costumava dar passagens, hospedagem, empregos e até moderno equipamento de cultura física. Se soubesse das possibilidades do Caixa 2, a Varig ainda estaria voando!!
Imagem e Texto: Alberto José - baseado em reportagem de O Globo, de 17-5-2019



Um comentário:

  1. Alberto, creio que não estaria voando, pois Dirceu, Palocci e Lula queriam a Tam do Rolim ainda vivo na Época, eram Compadres um do outro. Espaço para ambas havia, mas a competência e a tradição da Varig a TAM não superaria, no mercado Internacional. Os valores e o poder desta Orcrim, eram muito maiores que caixa 2. É uma Barbaridade.

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-