quarta-feira, 26 de junho de 2019

[Para que servem as borboletas?] Moro e os hackers...

Valdemar Habitzreuter

É incompreensível a importância que se dá aos vazamentos dos diálogos de Moro e Dallagnol que, em rigor, são normais entre agentes de justiça, não tendo nada de criminoso ou tendencioso que possam condenar inocentes.

Os que foram condenados pela lava jato eram criminosos peso-pesados e não inocentes.

Há então uma inversão de valores neste imbróglio todo suscitado pelo Intercept Brasil, de Greenwald.

Quer-se dar maior valor a um ato criminoso de hackers invadindo telefones de autoridades do que a homens de bem que se empenham no combate à bandidagem.

Muitos juristas, políticos antilavajato e comentadores de plantão querem criminalizar Moro por atos insuspeitos na frente da Lava jato dando a entender, por outro lado, que Greenwald é um herói ao acolher hackers criminosos e publicar em seu jornal o que eles, criminosamente, capturaram do telefone de Moro.

Daí a inversão de valores que querem estabelecer: Moro de herói da Lava jato passa a ser criminoso, e os hackers criminosos de Greenwald a heróis. Quanto cinismo e ‘suinismo’!...
Título e Texto: Valdemar Habitzreuter, 26-6-2019

Relacionados:

Colunas anteriores:

Um comentário:

  1. Caro Habitz, pura verdade! Diante do tamanho da importância que estão dando a estas publicações, podemos ver o tamanho das “ Orcrim “ que temos no País. Não são só oposições ao governo, mas sim favoráveis ao Crime. Abs.

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-