domingo, 30 de junho de 2019

Feira Setecentista de Queluz

Palácio Nacional de Queluz, foto: Wilson Pereira/PSML

A Feira Setecentista de Queluz, vai decorrer de 5 a 8 de setembro, num ambiente do séc. XVIII, altura em que o Palácio de Queluz era um espaço de lazer, com danças, música, malabarismos, iguarias e divertimentos vários.


O projeto da Real Quinta de Queluz, para além do palácio inclui os seus jardins. Queluz resume no seu conjunto as vivências de um palácio de veraneio: a maior parte dos grandes salões e até pequenos aposentos dão diretamente para o exterior, encontrando nos jardins um prolongamento dos espaços interiores.

Tal como acontece no interior com as salas do palácio, também os jardins foram divididos por áreas. A uma destas salas exteriores dedicou D. Pedro II, marido de D. Maria I, especial atenção, mandando construir um pequeno Jardim Botânico para entretenimento da corte. Construído entre 1769 e 1780, sofreu até aos nossos dias, várias vicissitudes.


Os jardins de Queluz foram à época, um espaço de lazer onde ocorreram grandiosas festas frequentadas por numerosa corte. Enquanto a corte se reunia no jardim, uma pequena multidão composta por criados, lacaios, cocheiros e povo das redondezas juntava-se no exterior do palácio para fazer a festa à sua maneira.

De 5 a 8 de setembro de 2019

Horários:
5 e 6 de setembro (quinta e sexta-feira): das 17h à meia-noite;
7 de setembro (sábado): das 13h à meia-noite:
8 de setembro (domingo): das 13h às 23h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-