quinta-feira, 30 de abril de 2020

População do RJ pode ser proibida de ir às ruas caso quarentena seja desrespeitada

Raphael Fernandes

Caso a população do Rio de Janeiro continue desrespeitando a quarentena, como vimos em algumas situações nos últimos dias, e o número de casos confirmados e consequentes mortes ocasionadas pelo Coronavírus siga aumentando, o Governo do Estado estuda determinar medidas de isolamento social ainda mais drásticas.

Foto: Roberto Moreyra/Agência O Globo

Uma delas, no caso, seria a proibição de pessoas circulando pelas ruas, atitude chamada de ”lockdown”.

Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário
”A única forma de não ter uma curva ainda mais ascendente seria uma forma mais radical de isolamento social. Não vai minimizar o que vai acontecer agora, mas vai evitar danos piores pra frente”, afirmou o secretário estadual de Saúde do RJ, Edmar Santos.

Segundo o último balanço oficial divulgado pelo Ministério da Saúde, o Rio de Janeiro tem, até o momento, 794 óbitos e 8.869 casos de Covid-19.

”O colapso vai acontecer lá na frente, infelizmente. Não foi diferente em nenhum outro país, mesmo nos mais estruturados em termos de equipamento e de logística. É uma característica dessa epidemia, desse vírus”, informou Edmar.
Título e Texto: Raphael Fernandes, Diário do Rio, 29-4-2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-