sábado, 24 de abril de 2010

Sobre o Aerus: para a história, sim (III)


RESPONDENDO A MAIS UMA AGRESSÃO DO PAULO RESENDE


Relutei em responder, pensei em deletar, porque nosso grupo não suporta mais esse LIXO eletrônico. 
Sei inclusive, que a maioria lê os e mails do Paulo Resende e leva na galhofa.
Afinal, não tem nenhum crédito, uma pessoa que briga com tudo e todos. 
A minha defesa pessoal e a do Almachio, não se faz necessária.
Nosso grupo da Varig, nos conhece como profissionais, amigos e pessoas do bem. Recebemos inúmeros e mails de solidariedade de colegas chocados com mais essa agressão. 
Defendo sim o grupo Camisas Pretas.
O grupo surgiu para dar uma visibilidade do DRAMA AERUS, mostrar a opinião pública  que continuávamos sem solução.
O grupo não tem partido político ou associação. 
Os colegas que aderiram a idéia, foram por acreditar nesses princípios.
NINGUÉM FOI CONVIDADO,  A ADESÃO ERA ESPONTÂNEA. 
Infelizmente, alguns entraram no grupo com um único objetivo, destituir a presidente do SNA.
Sempre falei a essas pessoas, que não buscava isso e que o movimento era focado na solução do Aerus.
Não me interessava quem estava no comando do SNA, o que me importava era a solução do DRAMA AERUS.
Várias vezes disse a esses colegas que fizessem um outro movimento, mas que o nosso iria continuar a fazer as vigílias no SDU e buscar alcance na mídia.
E assim, foi feito. 
Conseguimos matérias jornalísticas e entrevistas que mostraram a situação dos Aposentados, Pensionistas e ex-empregados da Varig.
O jornalista Boechat até hoje está ao nosso lado para qualquer divulgação e esse contato veio da nossa vigília no SDU. 
Acontece que após meses de vigílias, todos já bastante cansados, achamos melhor convocar uma reunião do grupo e definir que caminho tomar.
Nessa reunião, ficou definido de alguns colegas do grupo irem a Brasília.
Não conseguimos dinheiro para a viagem e o grupo ficou sem rumo. 
Pensamos então em fazer uma mega manifestação, mas sem dinheiro e apoio não foi possível. 
Então, o grupo ficou dividido, justamente por esses colegas que queriam resolver tudo na base da porrada.
Outros também saíram porque viram que nosso objetivo não era político. 
Tivemos então  a idéia de "unir forças e não dividir mais". 
Eu e o Almachio, fomos ao sindicato participar de uma reunião sobre o Aerus.
Quando foi aberto o microfone ao público, eu pedi a palavra e disse que nós do grupo Camisas Pretas estávamos ali para juntar forças e apoiar o trabalho da comissão de aposentados do Aerus.
A idéia foi muito bem aceita por todos, pois temos o mesmo objetivo: A RECUPERAÇÃO DE NOSSA APOSENTADORIA. 
Continuo livre para participar de qualquer movimento que busque uma solução para o Aerus, já participei dos movimentos da TGV, do SNA, já fui membro da comissão dos aposentados e dos Camisas Pretas.
Posso fazer isso de cabeça erguida, porque não estou buscando política (emprego).
Paulo Resende.
Se você se sente traído, busque apoio e faça seu próprio grupo. Se você tiver credibilidade para isso, as pessoas o seguirão. Porque até agora só vejo você fazendo acusações e criticas.
Usando a internet para denegrir e mentir.
Passe a usar seu computador para coisas positivas.
Não adianta mandar vídeos de missas, gruta de Nossa Senhora e depois agredir as pessoas de graça, por pura vaidade. 
Viva sua vida, lute pelos seus ideais, sem querer ser o dono da verdade.
Nós estamos afundando cada vez mais, e um dos motivos da nossa desunião é a utilização da internet por pessoas inescrupulosas. 
Aloysio Alberto. (camisas pretas)

Um comentário:

  1. A não ser a atual presidente do SNA, quem mais o Paulo Resende agride??

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-