sábado, 2 de abril de 2016

Golpe de Estado no Brasil

Rui A.
Segundo a líder do Bloco de Esquerda, está em curso um «golpe de estado» no Brasil. A acusação é grave e deve ser ponderada, com apreensão.

Ora, o que se está a passar nesse país? Duas coisas, a saber:

A primeira, o apuramento de eventuais responsabilidades criminais da «presidenta» no processo Lava-Jato, que é relativo à corrupção na Petrobrás. Este processo está a ser desencadeado pelas autoridades previstas na Constituição Federal, sob a fiscalização e tutela do Supremo Tribunal Federal, sem qualquer atropelo às formalidades e exigências legais previstas. Não poderá ser nisto que Catarina Martins [foto] estava a pensar.



Por conseguinte, a deputada deveria querer referir-se às jogadas que têm ocorrido no Congresso brasileiro, com as manobras na base dos partidos que formam a coligação governamental, a última das quais ontem ocorrida com o abandono do PMDB do governo. Por aqui, se o governo brasileiro perder maioria nas câmaras parlamentares poderá cair e a «presidenta» será provavelmente substituída pelo seu actual vice-presidente, Michel Temer. Deve ser exactamente a isto que a deputada se queria referir.

Contudo, isto, a acontecer, será exactamente igual ao que sucedeu recentemente em Portugal, com a queda do segundo governo Passos e a ida para o governo de António Costa e do PS. Também aqui o PS não ganhou as eleições e está hoje a chefiar o governo. Na altura, houve também quem dissesse tratar-se de um «golpe de estado constitucional», mas a senhora deputada entendeu de outra maneira. Foi uma precursora do que hoje se passa no Brasil. Quase uma visionária! 
Título e Texto: Rui A., Blasfémias, 30-3-2016

2 comentários:

  1. Deveria, antes de emitir opiniões, obter melhores informações ou calar-se. Com uma parlamentar desse quilate presume-se que Portugal não poderá ter futuro promissor!

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-