quarta-feira, 11 de março de 2020

Bolsonaro vai avaliar com Mandetta controle do coronavírus

OMS declarou a doença como pandemia mundial

Pedro Rafael Vilela
Foto: Alan Santos/PR
O presidente Jair Bolsonaro disse, hoje (11), que vai conversar com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para avaliar os próximos passos no controle do novo coronavírus (Covid-19), depois que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a doença como pandemia mundial.

"Eu não sou médico. Eu não sou infectologista. O que eu ouvi até o momento [é que], outras gripes mataram mais do que essa", disse, ao chegar no Palácio da Alvorada.

Em pronunciamento veiculado em rede nacional de rádio e televisão, na semana passada, o presidente já havia dito que não há motivo para pânico e convocou a população, em especial os profissionais de saúde, para um trabalho conjunto com o governo para superar a situação. 

Brasil
O número de casos confirmados de coronavírus no Brasil chegou a 52. O balanço foi divulgado pelo Ministério da Saúde no fim da tarde, na segunda atualização publicada no dia.

Segundo os dados oficiais, o número de novas infecções marca um pulo de 15 casos em relação ao divulgado mais cedo, quando o sistema do ministério havia contabilizado 37 casos. Os casos suspeitos saíram de 876 para 907. Já os casos descartados também aumentaram de 880 para 935.
Título e Texto: Pedro Rafael Vilela; Edição: Fernando FragaAgência Brasil, 11-3-2020, 18h28

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-