terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Saraiva é despejada do BarraShopping

Quintino Gomes Freire

Saraiva do BarraShopping, ou melhor, do NewYorkCityCenter, vai ter que deixar o local em 15 dias. É o que diz a sentença do juiz Marco de Souza, da 4ª Vara Cível do Rio de Janeiro, deferiu a ação de despejo da filial da Saraiva, rescindiu o contrato de locação e deu 15 dias para que o espaço seja desocupado.


De acordo com Lauro Jardim/O Globo, a livraria tinha R$ 605 mil de aluguéis atrasados — o débito é de 2018. A Saraiva hoje se encontra em recuperação judicial, mas a dívida é anterior ao deferimento da recuperação pela justiça.

Maior rede de livrarias do Brasil, a empresa passa por vários problemas. Hoje assumiu seu novo presidente, Luiz Mario Bilenky, perdendo uma de suas principais lojas.

Com a perda da Saraiva, e a recente da FNAC, o complexo da Multiplan só contará com uma livraria, a Livraria da Travessa, que segue forte.
Título e Texto: Quintino Gomes Freire, Diário do Rio, 13-1-2020, 4h28

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-