terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Quando as algemas estão no cérebro

Alfredo da Silva Júnior

Eu evito fazer posts sobre política e imigração, mas achei válido tocar nos dois assuntos de uma só vez. Nesta semana eu vi muita gente se posicionando sobre os brasileiros que foram algemados e deportados aqui dos EUA.


Li todo o tipo de crítica ao Trump e microfones na boca do Bolsonaro para que ele se posicionasse sobre a tal "injustiça" e humilhação.

Gente que chamaria a polícia e pediria cadeia se visse alguém invadir sua casa, tomar banho em sua piscina, abrir sua geladeira e comer sua comida, além de usar seu plano de saúde. Gente que só sabe comentar o que desconhece porque é incapaz de ser isento quando raciocina.

Só raciocina para a esquerda ou para a direita. E, acreditem, isso faz a vida ficar cada vez mais torta.

Tenho mais de vinte anos aqui no EUA e vi o Clinton fazer isso, vi o George Bush fazer isso, vi o Obama fazer isso e não vi ninguém se comover tanto. O FHC não fez nada, o Lula não fez nada, a Dilma não fez nada e o Michel Temer também não fez nada.

Qualquer pessoa, de qualquer país, que se arrisque a entrar nos EUA atravessando ilegalmente a fronteira, seja pelo México ou Canadá, é considerada criminosa. Você está invadindo um país sem permissão e se sujeitando às leis de imigração. O resto é blá-blá-blá.

O brasileiro precisa, urgentemente, entender que leis foram feitas para serem respeitadas e cumpridas. Aqui nos EUA não existe lei que pega e lei que não pega.

Aqui existem algemas para quem não liga para as leis.
Título e Texto: Alfredo da Silva Júnior, 27-1-2020

Acredite, se quiser, tem site de brasileiros nos EUA, que publicou:
Governo Bolsonaro autoriza deportação em massa de brasileiros nos EUA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-