quarta-feira, 27 de junho de 2018

"Muslim ban"

José António Rodrigues Carmo

O Supremo Tribunal dos EUA acabou de dar razão a Trump, na sua decisão de banir a livre entrada de cidadãos de alguns países.

Contrariamente à histeria esquerdista, a decisão de Trump não visou todos os países muçulmanos (são mais de cinquenta), nem apenas países muçulmanos (há budistas e cristãos na lista, de resto delineada pela anterior administração obamista).

A decisão do Supremo deitou por terra toda a litigância militante prosseguida pela esquerda americana em tribunais estaduais e federais onde a maioria dos juízes é de nomeação esquerdista.

Esta decisão do Supremo era previsível à luz da lei. O Presidente, chame-se Trump ou Obama, tem inequívoca autoridade para o fazer e a decisão refere especificamente a Secção 212 (f) do Immigration and Nationality Act.

Sem espinhas, portanto.

Contudo quatro juízes votaram contra. Trata-se dos juízes "progressistas", isto é, nomeados por presidentes "liberais" (de esquerda, no sentido americano).

E as suas razões são as de toda a esquerda: Não tem a ver com leis, mas com apreciações moralistas e de intenções.

Segundo os juízes de esquerda, as declarações de Trump demonstram que ele é anti-Islão, e por isso qualquer decisão que tome nesta matéria é imoral e ilegal, tenha ou não quaisquer méritos próprios.

O que está aqui em causa, o que está sempre em causa na visão esquerdista do mundo, é que este se divide entre anjos e demónios, nós somos os anjos e quem não pensa como nós só pode ser ou o demónio, ou estúpido, ou as duas coisas.

E os demónios, ou os estúpidos nunca têm razão e há que, ou interná-los, ou reeducá-los.

É assim a visão totalitária!
Título e Texto: José António Rodrigues Carmo, Facebook, 27-6-2018

Relacionados:

Um comentário:

  1. Interessante ler um editorial do Washington Post que, antes de ser jornal, é uma central disparadora contra Trump! No matter what he does...

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-