domingo, 15 de março de 2020

Cidades brasileiras têm atos pró-governo

Capitais como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Belém registraram protestos pacíficos.

Com a pandemia de coronavírus, autoridades de Saúde haviam pedido que população evitasse eventos com grandes aglomerações.

G1

Capitais brasileiras e cidades do interior registraram, na manhã deste domingo (15), atos de apoio ao governo de Jair Bolsonaro. Capitais como Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Belém (PA), Maceió (AL) registraram protestos pacíficos.

Rio de Janeiro, foto: José Raphael Berredo/Agência O Globo

Apesar da orientação de autoridades da Saúde de vários estados e da Organização Mundial da Saúde (OMS) para suspender a realização de eventos com grandes aglomerações para evitar a disseminação do novo coronavírus (Sars-Cov-2), apoiadores do governo não atenderam ao apelo.

Na quinta-feira (12), em pronunciamento em rede nacional, Bolsonaro afirmou que as manifestações marcadas para este domingo (15) deveriam ser repensadas diante do cenário de pandemia do coronavírus. O presidente havia dito que os movimentos eram "legítimos e espontâneos", mas que não se podia colocar em risco a saúde da população em razão da pandemia de Covid-19.

Porém, neste domingo, em uma rede social, o presidente compartilhou vídeos de manifestações em cidades como Salvador, Belém e Brasília.

Veja os atos em cada estado:

Rio de Janeiro

Na capital do Rio, manifestantes se reuniram na Orla de Copacabana. Eles estavam vestidos com as cores da bandeira do Brasil e exibiam faixas e cartazes em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro da Justiça Sergio Moro.

Os cartazes mostravam dizeres como: "Congresso e STF matam mais que coronavírus" e "Fora Rodrigo Maia e companhia". Algumas pessoas usavam máscara facial. O ato terminou por volta de 13h30.

Em Nova Friburgo, manifestantes começaram a se concentrar às 15h na Praça Dermeval Barbosa Moreira.

(...)

Parabéns pela reportagem! Ótimo jornalismo.


Continue lendo (e vendo) » aqui.

Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-