quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Impeachment? É furada, meu!

Tenho lido as chamadas para manifestações pelo impeachment da senhora Dilma.

Olha só, em que pesem as denúncias de corrupção e desbaratamento no Estado e em empresas públicas brasileiras, com notável relevância na Petrobras, ainda nada foi provado contra a senhora Dilma. E dificilmente será. A blindagem é da melhor qualidade…

E a infantaria e a artilharia estão a postos: a primeira, nas ruas, na blogosfera e nas caixas de comentários; a segunda, através dos comentadores ‘imparciais’ e dos próprios dirigentes do partido, estejam ou não no governo, além dos políticos dos outros partidos pendurados no governo.

Bom, mas considerando que o primeiro parágrafo é uma bobagem, ou se prove a intervenção ou conivência da senhora, vamos para o impeachment, oba! So, what? Quem virá a seguir? O vice-presidente, Michel Temer, do PMDB, partido aliado à senhora e ao seu partido. E o que ele fará? A mesmíssima EME que a senhora faria (fará). Por falta de alternativa, tanto é o lixo acumulado nestes últimos quase treze anos. Mas com uma agravante fundamental: o Partido dos Trambiqueiros estaria já no dia seguinte, nas ruas, jornais, televisões, nos cajueiros e nos cipós dos imbondeiros do continente em face, gritando contra a governança de Temer – independentemente da qualidade e/ou dos acertos.

Aliás, o grito e a promoção da desordem seriam tanto maiores quanto fossem os acertos, percebe?

Nisso tudo, a mensagem seria a seguinte: tudo está piorando, estaríamos melhor se Dilma estivesse no poder… quando o PT, leia-se Lula da Silva, voltar ao poder, o salário mínimo vai aumentar, os benefícios mensais dos aposentados serão reajustados semanalmente, os brasileiros terão férias de quarenta dias, no verão e no inverno. E o Brasil só não ganhou a Copa de 2014 por causa das constantes sabotagens dos liberais, neoliberais, proto-liberais, conservadores, neoconservadores, tucanos, periquitos, graúnas, pardais do morro e, por último mas não menos terríveis, homens de olhos azuis que estavam na comitiva da chanceler alemã, Angela Merkel.

Enfim, teríamos quatro anos de agitação “social” permanente com dois objetivos claríssimos: primeiro, o de branquear todas as porcarias que o Partido dos Trambiqueiros fez e causou ao Brasil; segundo, o de arar o terreno para a volta do PT, (re)encarnado em Lula. E ele ganharia, pois viria para salvar o Brasil da desastrosa governança de Michel Temer… (Ah, mas a Dilma? Que Dilma?! Onde? Quando?).

Charge: Alpino
A Dilma continuando, acredito e desejo que assim seja, será ela a afogar-se na soma dos resultados econômicos e sociais de única e exclusiva responsabilidade do PT. Não tem como este ir para as ruas tumultuar, nem andar de cipó em cipó gritando contra o governo deles mesmos. Não terão como absolver o passado do PT, nem como impedir a descida da ladeira. 

Pelo contrário, terão é que se defender dos black blocs, do Psol, da Juventude Socialista, ‘Movimentos Sociais’, Coletivos de desocupados… Como? Cooptando-os e financiando-os. E dá-lhe de ocupações, invasões, depredações, cartilhas escolares sobre o kama sutra, arrastões sócio depuradores, reforma da idade mínima penal para os 37 anos, apoio político aos Maduros, Morales, Correas, e muito diálogo e compreensão com degoladores, e vai por aí afora numa verdadeira exuberância de bondade e sensibilidade social. 

Concluindo: deixe a Dilma se explodir! Não faça nada, só assista!
JP

10 comentários:

  1. Perfeito!!!!

    Brilhante no úrtimu!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem colocado mas é paradoxal.
      Já escrevi aqui que há motivos suficientes para o impedimento do partido e da presidente.
      A revolução já foi instaurada, resta saber se as FFAA irão defender o povo.
      O PT é uma organização criminosa, com sede em na república de Ribeirão Preto.
      Se contabilizarmos são mais de 30 grandes políticos petistas com sede naquela cidade.
      Nossa máquina pública é a mais cara do mundo.

      Excluir
  2. O juízo político – impeachment - é um mecanismo institucional consagrado em todas as Constituições em que vige o Estado de Direito com a finalidade de destituir/remover agentes políticos por crime de responsabilidade e, no caso, se a distinta não for responsabilizada no momento certo, a crise se agravará e virão os “bodes expiatórios” de sempre, menos é claro a impoluta que sob o manto esquerdizóide julga-se acima das leis (“burguesas”) .
    É de se lembrar ainda que a "vaca" já tossiu e foi pro brejo há muito tempo.

    Rivadávia Rosa

    ResponderExcluir
  3. Na realidade , os "abaixo-assinados" via "AVAAZ" pedindo impeachment via web nada representam juridicamente ; mas tem um fundo de moral através as redes sociais , mostrando que ninguém está satisfeito com a gerencia da govern anta . Se o impedimento fosse via legal , aí sim, teríamos algo a Temer ...
    O fato é que tudo está caminhando para eventuais mudanças relevantes . E pode ser sorte ou pode ser azar ; depende do que vier depois ...

    Abração.

    Sidnei Oliveira

    ResponderExcluir
  4. Excelente a sua crônica, que estava esquecida atrás do armário , para nossa infelicidade
    Saiu do armário de uma vez e veja se continua assim
    Concordo plenamente, que não há que se lutar pela saída de ninguém. mesmo com com todas as arbitrariedades consentidas.
    A senhora, com certeza em pouco tempo irá pegar a sua bolsa e viajar para o paraíso ilhéu Caribenho, que ela o seu partido gosta de frequentar.
    Ela mesma chegará à conclusão de que não é bem vinda por aqui e quem sabe até retorne para as terras do leste Europeu, pátria de seus antepassados e faça por lá uma cultura de repolhos, que é para isso que apenas serve.
    José Manuel

    ResponderExcluir
  5. MUITO BOA ANÁLISE, ruim com DILMA, bem pior sem ella.
    O PMDB, sempre esteve ACOPLADO ao governo, será que o MASON todos esses anos, também nada sabia, no minimo.
    Abraço
    Moletta

    ResponderExcluir
  6. JP consciente ou não, mostrou uma receita do Mago Merlin ...

    Concluindo: deixe a Dilma se explodir! Não faça nada, só assista!

    Ivan Ditscheiner

    ResponderExcluir
  7. Para mim temos fatos suficientes para tirar todo o PT do comando do país, senão ele vai continuar nos dando o cano? O FHC, que é outro comuna, porém menos nocivo, livrou a cara do lula no mensalão, deu no que deu.
    Agora temos que lutar com unhas e dentes para tirar todos os ladrões do poder, senão o custo da nossa liberdade estará em risco.
    Artur

    ResponderExcluir
  8. De acordo com a Constituição , se a/o presidente não completar 2 anos na função, assume o vice e em 2 meses tem que haver nova eleição.
    Nesse caso se Dom Lulla se candidatar, provavelmente será vencedor.
    Troca-se 6 por meia dúzia.

    ResponderExcluir
  9. Querido amigo, Jim.
    Já quis este impeachment. Muito mesmo.
    Se as administrações Petistas trouxeram alguma coisa boa, foi um pouco mais de maturidade entre muitas outras coisas que poderiam ter sido bem melhores não fosse por tanta ingerência e corrupção.
    Hoje percebo que não adianta trocar de Governo se o povo não entender que a democracia é trabalho constante de vigia de todos para todos e que a única camisa a se vestir é a do nosso interesse em progresso real.
    O que temos, na verdade, é um povo que pensa que trocar de Governo, muda a nossa realidade. Que basta eleger alguém que nos salvará de ter que trabalhar e cuidar do nosso futuro e, finalmente, que o interesse individual de se dar bem está acima de qualquer outro interesse do grupo.
    Assim, tanto faz trocar de Governante. A culpa é só nossa mesmo.

    abs
    Circe Aguiar

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-