terça-feira, 31 de julho de 2018

A sabatina de Jair Bolsonaro no Roda Viva


O Roda Viva recebe o candidato à Presidência da República pelo Partido Social Liberal (PSL), Jair Bolsonaro, que fala sobre seus planos para a presidência, caso venha a ser eleito.

O deputado teve dois projetos de sua autoria transformados em lei, em 27 anos de atividade no Congresso Nacional. Um deles estende o benefício de isenção do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para produtos de informática. Já o outro autoriza o uso da chamada fosfoetanolamina sintética, a "pílula do câncer".

Desde que chegou ao parlamento, em 1991, apresentou 171 projetos; entre eles, de decreto legislativo, lei complementar e proposta de emenda à Constituição – as chamadas PECs. Em 2014, Bolsonaro foi reeleito pela sétima vez como deputado federal.

Na bancada de entrevistadores estão Daniela Lima, editora da coluna Painel, da Folha de S.Paulo; Thaís Oyama, redatora-chefe da revista VEJA; Maria Cristina Fernandes, colunista do jornal Valor Econômico; Leonencio Nossa, repórter especial do jornal Estadão; e Bernardo Mello Franco, colunista do jornal O Globo.

17 comentários:

  1. Começo a assistir à "entrevista" e logo sou "avisado" do que vem por aí ao ouvir a PRIMEIRA pergunta feita por Maria Cristina Fernandes, do jornal 'Valor Econômico'.

    Bom, mas vamos lá, assistir com bastante atenção para depois poder opinar, ou contrapor quando for o caso.

    ResponderExcluir
  2. Quantas vezes o entrevistado foi interrompido??

    ResponderExcluir
  3. Aos 25 minutos, os 'entrevistadores' querem nos convencer que o culpado pela 'ditadura', pelo passado brasileiro, foi/é Jair Bolsonaro!

    ResponderExcluir
  4. Escravatura?? Dívida??
    Pelo amor de Deus!

    ResponderExcluir
  5. Ops! Aos 48 minutos sai, enfim, a PRIMEIRA pergunta, feita por Mozárt Neves Ramos, do Instituto Ayrton Senna.

    ResponderExcluir
  6. Uma hora de entrevista, outra acusação: "carta branca para matar!".

    ResponderExcluir
  7. Não é "uíquipidía", é uiquipédia.

    ResponderExcluir
  8. E para finalizar com chave de ouro: "você sabia que Jesus Cristo foi um refugiado?" Nossa! Eu não sabia! Mas... e como foi que ele chegou, há 2018 anos, à costa marítima europeia? Ou ele tentou se 'refugiar' nos EUA via México? Ou se refugiou na Coreia do Norte?

    ResponderExcluir
  9. O JORNALISTA É VOCÊ, eu sou crítico polêmico.
    O FEBEAPÁ dos entrevistadores foi elegantíssimo.
    Me deram mais motivo para votar.

    ResponderExcluir
  10. E quem dissemina é Ivan Valente, manjado ex-comunista, presidente do Sindicato dos Médicos do RJ, com o slogan de sempre (quer dizer, de sempre, eles, porque não conseguem/não sabem argumentar, somente insultar/estigmatizar): "o candidato da incoerência, do ódio e da barbárie."
    Que IV vá à Mercearia da esquina! Por causa dele e de outras inutilidades, essas sim, tresandando a inveja, o rancor e o ódio, cada vez mais sedimenta a minha vontade em votar em Jair Bolsonaro para presidente do Brasil!

    ResponderExcluir
  11. "Jair Bolsonaro não está preparado."
    O Lula da Silva estava preparadíssimo! E o que seria do Brasil sem a "preparação" de Dilma Rousseff?!

    ResponderExcluir
  12. Estou cansado de escrever que PRESIDENTE NÃO MANDA PORRA NENHUMA.
    Todas MPs, PLs e PECs feitas pelo presidente são submetidas a plenário.
    Todos os vetos de um presidente podem ser derrubados.
    O Brasil não é presidencialista, é fruto de coalisão congressual.
    Na América o TRUMP pode fazer leis, que só a corte suprema derruba, quando é de interesse nacional, mas se for de interesse social os projetos são enviados ao congresso. Assim a lei de imigração americana é responsabilidade do presidente.
    Necessitamos mudar nosso congresso, nova constituição.
    Quando mexem na merda fede.
    Reclamam que falta educação, saúde, segurança pública e investimentos.
    NÃO HÁ DINHEIRO PARA SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA E INVESTIMENTOS.
    PORQUE A PREVIDÊNCIA PÚBLICA FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL, JUNTO COM ESTATAIS, MAIS OS IMENSOS SALÁRIOS DO FUNCIONALISMO PÚBLICO CONSOME NOSSOS IMPOSTOS OBRIGATÓRIOS.
    Nós pagamos IR na fonte sem correção há 10 anos.
    A grande parte de médicos, dentistas, serviços informais e principalmente de advogados, recebem sem pagar impostos de renda, dinheiro vivo, transferências e OFF SHORES.
    A RECEITA FEDERAL, conivente não checa patrimônios de família.
    SEM A REFORMA PREVIDENCIÁRIA ESTAREMOS PEDINDO ESMOLAS AO FMI NO ANO QUE VEM.
    VOTO BOLSONARO.
    Se vai dar certo, não sei.
    Qualquer candidato que prometer isso ou aquilo, não vai cumprir.
    NÃO HÁ DINHEIRO, NEM PARA BOLSA FAMÍLIA, LEI ROUANET E ONGs.
    O buraco deixado pelo PMDB, PSDB e PT, incautos não sabem o tamanho.
    Essa coalisão do picolé de chuchu é a maior prova de que vai faltar merda para nós.
    Sim, vamos comer merda.
    Se o alquimista e troupe chamada centra~ganhar, será ruim.
    Se Marina, CIRcO Gomes, Boulos ou Manoela ganharem será pior.
    Nós não temos dinheiro para dar sem trabalho, nem matar a fome de quem precisa.
    As filas de hospitais provam isso, não há vacinas suficiente.
    O imbecil me julga pelo caminho que tomo, mas não posso recuar ao caminho que caminhei.
    Aquela lógica de que casa sem começa pela base e termina-se pelo teto não se aplica em política. Mesmo numa casa com o teto corrompido, você inicia a reforma pelo teto, senão toda reforma de base apodrecerá.
    BOLSONARO 17
    FUI...

    ResponderExcluir
  13. Movimento Brasil Livre
    Publicado em 31 de jul de 2018
    Ok... O vídeo ficou bem grande... Mas se quisermos compreender PROFUNDAMENTE a lógica por trás do mico pago pela imprensa no Roda Viva, temos que destrinchar suas declarações e fazer uma análise histórica e cultural sobre o jornalismo brasileiro.
    https://www.youtube.com/watch?time_continue=12&v=Dr8V46g16xA

    ResponderExcluir
  14. Eu acho muito engraçado: pessoas que escrevem, compartilham, repassam, apoiam, assinam embaixo qualquer ofensa/insulto ao candidato Jair Bolsonaro, quando confrontadas com a resistência de algum eleitor/defensor, logo vão para os seus perfis pessoais e, com fundo colorido, lamuriam o Brasil que está muito... agressivo.

    ResponderExcluir
  15. O QUE É VIOLÊNCIA? Não me venham com pontos de vista politicamente corretos.
    VIOLÊNCIA É DIRIGIR BÊBADO E MATAR.
    VIOLÊNCIA É A PEDOFILIA.
    VIOLÊNCIA É MARIDO BÊBADO BATER E MATAR ESPOSA E POR VEZES FILHOS. VIOLÊNCIA É MACHUCAR POR PURO PRAZER.
    VIOLÊNCIA É INVADIR CASAS E TERRAS, E O DONO TER QUE PROVAR QUE É DONO. VIOLÊNCIA É INVADIR E COBRAR ALUGUEL.
    VIOLÊNCIA É DESTRUIR PATRIMÔNIO PÚBLICO.
    VIOLÊNCIA É FAZER PROTESTO QUEIMANDO ÔNIBUS E AUTOMÓVEIS.
    MATAR BANDIDOS ARMADOS NÃO É VIOLÊNCIA É AUTODEFESA.
    Agora defensores da vida, arrancar um pé de alface também é matar uma vida.
    Os politicamente corretos pensam que só há vida no que se move.
    Matar mosquitos e formigas é matar vida.
    Nós os matamos porque nos prejudicam a saúde.
    Matar bandidos prejudica a minha saúde?
    A mula de 9 dedos ladrão e safado, tem sorte de viver num país como o Brasil. Na Coréia do Norte e na China estaria no paredão. Os politicamente corretos até hoje não perguntaram quantos morreram por causa da corrupção.
    Somente aqui no AERUS mais de 1000.
    VIOLÊNCIA É O QUE PRATICA ESSA CONSTITUIÇÃO DE MERDA DE 1988, QUE PROTEGE BANDIDOS E ASSASSINOS.
    A ditadura militar matou uns 300, hoje é um policial a cada 16 horas, 500 por ano e mais de 70000 assassinatos com 60000 mortos no trânsito.
    Matar bandidos, pedófilos, estupradores e corruptos isso é AUTODEFESA.
    fui...

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-