terça-feira, 28 de janeiro de 2020

A vertigem da democracia

Fábio Gonçalves

Em sete takes, o escritor Fábio Gonçalves desconstrói a narrativa de “Democracia em Vertigem”, desmentindo as mentiras explícitas e revelando as verdades escondidas no documentário de Petra Costa

Take 1: A valsa das elites


Quando a Dilma ganhou a eleição de 2014, eu estava num baile de dança de salão. Enquanto eu rodopiava a pista embalado por sambas e boleros, entrevia angustiado pela TV aquela apuração apertada, a petista de pouco em pouco superando o tucano, a aproximação de uma vitória inesperada da inábil candidata, uma candidata impopular, vaiada pelo Mineirão lotado na Copa do Mundo, e que àquela altura, no meio daquele pandemônio social, já se tornara motivo de troça e matriz inesgotável de memes.

Ali, eu, pobre da Silva, no que me apercebia da iminente vitória da petista, ficava temeroso pelo futuro do país. 

Havia pouco tempo eu tomara alguma ciência do nosso cenário político-cultural. Sou um dos tantos jovens da minha geração que se interessou por política a partir das Jornadas Junho de 2013. Depois que qual um gado amestrado eu fui gritar contra os 20 centavos na Faria Lima, o espírito da curiosidade me possuiu e, para compreender melhor as forças que estavam em disputa, como um esganado passei meses a fio lendo livros, fuçando na internet, travando longas conversas com professores e amigos. Queria saber quem eram os militantes de bandeira vermelha, quem eram os incipientes liberais e conservadores de verde e amarelo, quem, enfim, estava certo no meio daquele vuco-vuco, no quebra-quebra.

Com efeito, no dia das eleições, a primeira em que votei com consciência, eu já sabia do Foro de São Paulo, do Mensalão, do caso Celso Daniel, da morte estranha de Eduardo Campos. Sabia, também, em linhas gerais, o que era o comunismo, quem era Antonio Gramsci, o que queriam os revolucionários do PT e companhia.

"Poxa, já falei um milhão de vezes"

Previsão do Tempo: quase 40 graus todos os dias com possibilidade de chuvas

Raphael Fernandes

Rio de Janeiro terá temperaturas de quase 40 graus durante esta semana.
Parte superior do formulário

Parte inferior do formulário
Desta terça-feira (28/01) até o próximo sábado (1/02), a previsão é exatamente a mesma: sol e aumento de nuvens de manhã, com pancadas de chuva à tarde e à noite. As temperaturas ficarão entre 22 e 38 graus.


Já o domingo (2/2) será de sol o dia inteiro, sem nuvens no céu. À noite, o tempo continua sem nebulosidade. O clima terá mínima de 27°C e máxima de 32°C.
Título e Texto: Raphael Fernandes, Diário do Rio, 28-1-2020

Bode é flagrado em estação do BRT, na Zona Oeste

Altair Alves

Um bode foi flagrado dentro de um ônibus articulado do BRT que estava parado na estação Ipase, na Praça SecaZona Oeste do Rio. Na foto que tem circulado em grupos de WhatsApp, é possível ver o animal amarrado à uma corda e sendo levado pelo dono. As informações foram inicialmente divulgadas pela Band News FM.


Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário
De acordo com o Consórcio BRT, o dono do animal teria dado um “calote” para entrar no transporte. O termo é usado quando o passageiro não paga a tarifa para acessar a plataforma, o que pode gerar a aplicação de multas pela Guarda Municipal.

Ainda segundo a concessionária, o transporte de animais nos ônibus só é permitido em caixas e em horários de menor movimento. Os animais transportados devem pesar até 10 kg.

Leia a íntegra do comunicado do BRT
“Os controladores de estação são treinados para orientar os passageiros sobre as regras de boa convivência e bom senso e, caso haja insistência, acionamos as forças de segurança.

No entanto, este não foi caso. O passageiro deve ter usado a prática conhecida como ‘calote’. A fiscalização, prevista na lei nº 6.299, cabe à Guarda Municipal do Rio, com a aplicação de multa a quem não pagar a passagem.

Ressaltamos ainda que as ações dos controladores de estação do Consórcio BRT são de caráter de orientação aos passageiros para as operações do sistema. Ou seja, eles não têm poder de polícia. Coibir transgressões, delitos e crimes de qualquer natureza é atribuição e competência do poder público. Mas, para nós, é muito importante que o cumprimento à lei não dependa apenas de fiscalização da Guarda Municipal, mas do entendimento dos passageiros sobre coletividade e respeito ao próximo”.
Título e Texto: Altair Alves, Diário do Rio, 27-1-2010

Quando as algemas estão no cérebro

Alfredo da Silva Júnior

Eu evito fazer posts sobre política e imigração, mas achei válido tocar nos dois assuntos de uma só vez. Nesta semana eu vi muita gente se posicionando sobre os brasileiros que foram algemados e deportados aqui dos EUA.


Li todo o tipo de crítica ao Trump e microfones na boca do Bolsonaro para que ele se posicionasse sobre a tal "injustiça" e humilhação.

Gente que chamaria a polícia e pediria cadeia se visse alguém invadir sua casa, tomar banho em sua piscina, abrir sua geladeira e comer sua comida, além de usar seu plano de saúde. Gente que só sabe comentar o que desconhece porque é incapaz de ser isento quando raciocina.

Só raciocina para a esquerda ou para a direita. E, acreditem, isso faz a vida ficar cada vez mais torta.

Tenho mais de vinte anos aqui no EUA e vi o Clinton fazer isso, vi o George Bush fazer isso, vi o Obama fazer isso e não vi ninguém se comover tanto. O FHC não fez nada, o Lula não fez nada, a Dilma não fez nada e o Michel Temer também não fez nada.

Qualquer pessoa, de qualquer país, que se arrisque a entrar nos EUA atravessando ilegalmente a fronteira, seja pelo México ou Canadá, é considerada criminosa. Você está invadindo um país sem permissão e se sujeitando às leis de imigração. O resto é blá-blá-blá.

O brasileiro precisa, urgentemente, entender que leis foram feitas para serem respeitadas e cumpridas. Aqui nos EUA não existe lei que pega e lei que não pega.

Aqui existem algemas para quem não liga para as leis.
Título e Texto: Alfredo da Silva Júnior, 27-1-2020

Acredite, se quiser, tem site de brasileiros nos EUA, que publicou:
Governo Bolsonaro autoriza deportação em massa de brasileiros nos EUA

Providência Divina

Nelson Teixeira

O mundo é mais bonito quando compartilhado com alguém, a dor é menor quando alguém te faz sorrir, as coisas são mais fáceis quando se tem amor. Somos mais fortes quando nos sentimos especiais, amados por alguém.

Vamos mais longe quando alguém segura nossa mão e acredita em nós. Nossa segurança depende de nós, mas quando somos incentivados e amparados nos sentimos mais fortes. Isto não ocorre somente na vida física, mas também quando somos incentivados e amparados pela Providência Divina. Temos de ter muita humildade para poder receber tudo que nos é dado.
Título e Texto: Nelson Teixeira, Gotas de Paz, 28-1-2020

Atitude estranha do governador do Rio de Janeiro



[Aparecido rasga o verbo] Certamente problemas nas glândulas adenoides

Aparecido Raimundo de Souza

NOS ENCANTA, SOBREMANEIRA, o amor lindo e romântico, sentimental e casto, puro e virginal (ainda que de mentirinha), em tramas-dramalhões água com açúcar. Fazemos referência aos seriados que nos prendem no sofá da sala, do começo ao fim, enquanto comemos pipocas e tomamos refrigerante. Citaremos alguns que são inconfundíveis, como as temporadas de “Magnum”, vividas por Jay Hernandez, na pele de Thomas Magnum e a linda e encantadora Perdita Weeks, no papel de Juliet Higgins. 

Nos arrebata a alma, deixando nosso âmago em pandarecos, vermos Clark Kent apaixonado e com o coração dividido entre duas beldades de tirar o fôlego, essas esfuziantes criaturas vividas por Kristin Kreuk (Lana Lang) e ao mesmo tempo Erica Durance (Lois Lane). E observem que esses amores (alguns platônicos) não são somente entre as estrelas de carne e osso. Também nos desenhos animados, encontramos casais que valem a pena ser lembrados, como o Popeye e a sua insubstituível Olívia Palito, Marge e Homer Simpson, Fred e Vilma Flintstone, Barney e Betty Rubble, Pato Donald e Margarida, Shrek e Fiona...

No mesmo trilho, o Coiote pelo Papa-Léguas, Frajola e Piu Piu, Mandrake e a princesa Narda. Falamos também dos amores proibidos, hoje tão em voga, tão em moda, a ponto de não sabermos quem é quem. Nessa bebida de sabores diversos, temos o filho-filha da lindíssima e encantadoramente bela Gretchen, o simpático-simpática Thammy Miranda e Andressa Ferreira, o cantor-cantora Lulu Santos e seu marido-marida Clebson Teixeira, o intérprete metade-cantor, metade-cantora-terror, Pabllo Vittar com Leonardo Portilho.

Não podemos deixar de citar Roberto Carlos e seu inseparável Calhambeque, Ford-1929, tampouco o padre Fábio de Melo com a sua surrada Batina, a cantora Maria Gadu e a estonteante Lua Leça, as ex-BBBs Clara e Vanessa, a cantora Daniela Mercury e Marlu Verçosa, a atriz Maria Zilda com a arquiteta Ana Kalil, o espevitado e traquinas Pimentinha, aquele menino levado da breca, que vive  morrendo de amores pelo senhor Wilson... Como o pobre homem não lhe dá a devida atenção, o moleque se presta a perturbar a paz tirando o sossego da infeliz criatura.

Dentro desse rol, seria injusto deixarmos passar em branco o apaixonado e sonhador Batmam pelo cuscoso Robim, o tenebroso Esqueleto e He Man, o temido e audacioso Lobo Mau pela cálida e inocente Chapeuzinho Vermelho, e o pior de todos, a queda quase incompreensível e espantosa da Branca de Neve pelos Sete Anões. Esse último, cá entre nós, uma festa erótica orgiamente surubenta e bem a lá brasileira (brasileira?!) de tirar o fôlego dos mais tranquilos e ordeiros. Em resumo, um puta bacanal que sobrevive desde os tempos medievais, além de deixar as criancinhas de zero a noventa e nove sem entender bulhufas.

Charada (1 195)

Analisando a conhecida
sequência de Fibonacci,
qual é o 12º termo?

0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, ...   

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Surfistas cariocas fazem mutirão de limpeza da praia de Ipanema até às Ilhas Cagarras

Altair Alves

Foto: Divulgação
A secretaria municipal de Meio Ambiente realiza no próximo domingo (2 de fevereiro) uma ação inédita com o objetivo de limpar as areias da Praia de Ipanema e, em seguida atravessar o mar até ao Monumento Natural das Ilhas Cagarras. A iniciativa vai contar com um grupo de 50 voluntários que remarão em pranchas de stand up paddle, para recolher o lixo deixado na ilha e no mar pelos visitantes.

Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário
O evento da prefeitura do Rio, liderado pelo secretário municipal de Meio Ambiente, Bernardo Egas, é a segunda produção do Projeto Stone House, parceira da Secretaria Municipal de Meio Ambiente na produção do mutirão até as Cagarras.

O ideia nasceu há três anos por iniciativa de três surfistas, o oceanógrafo Arthur Cumplido, 27 anos; Pedro Bentz, 24, engenheiro de Produção; e Caio Reis, 26 anos, administrador de empresas, com o com o intuito de fazer um trabalho de educação ambiental e conscientizar surfistas e praticantes de stand up paddle sobre o problema do lixo e como este pode atingir áreas que não deveriam ser habitadas.

É uma geração nova que deve ter consciência do que é o Meio Ambiente. Além disso, eles são replicadores destas ações e todos ganham com isso.”, destaca Bernardo Egas.

Gastos de brasileiros no exterior caem 5,4% em 2019, diz BC

Entre outros fatores, a cotação do dólar influencia as despesas

 Andreia Verdélio

Os gastos de brasileiros em viagem ao exterior chegaram a US$ 17,593 bilhões no ano passado, 5,4% menos que o registrado em 2018, que foram de US$ 18,266 bilhões. Os dados foram divulgados hoje (24) pelo Banco Central (BC).

Entre outros fatores, a cotação do dólar influencia as despesas de brasileiros no exterior. Em 2019, a moeda norte-americana terminou com alta de 3,5%  em um ano de fortes turbulências no mercado de câmbio, que chegou a registrar uma desvalorização do real de quase 10%. No fim de novembro, a cotação do dólar atingiu recorde histórico, fechando a R$ 4,24.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

No último mês do ano passado, os gastos chegaram a US$ 1,497 bilhão, contra US$ 1,403 bilhão em dezembro de 2018.

Já as receitas de estrangeiros em viagem ao Brasil totalizaram US$ 509 milhões no mês passado e US$ 5,913 bilhões no acumulado de 2019, contra US$ 488 milhões e US$ 5,921 bilhões, respectivamente, nos mesmos períodos de 2018.

Mercado financeiro reduz estimativa de inflação este ano para 3,47%

Andreia Verdélio

As instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) reduziram a estimativa para a inflação este ano. A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA – a inflação oficial do país – caiu de 3,56% para 3,47%. A informação consta no boletim Focus, pesquisa semanal do BC, que traz as projeções de instituições para os principais indicadores econômicos.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Para 2021, a estimativa de inflação se mantém em 3,75%. A previsão para os anos seguintes também não teve alterações: 3,50% em 2022 e 2023.

A projeção para 2020 está abaixo do centro da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. A meta, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 4% em 2020, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Selic
Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente definida em 4,5% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom).

De acordo com o boletim, a Selic deve cair para 4,25% ao ano até o fim de 2020. Quando o Copom reduz a Selic, como espera o mercado financeiro, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Quando o Copom aumenta a taxa básica de juros, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Já a manutenção da Selic indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação.

Casos de infecção por novo coronavírus passam de 2,7 mil na China

Mais de 80 pessoas morreram no país em decorrência da doença

Foto: China Daily/Reuters/DR
NHK

Autoridades de saúde da China informam que o número de pessoas diagnosticadas com a pneumonia causada pela nova variante do coronavírus passou de 2,7 mil apenas no país.

Segundo as autoridades chinesas, um total de 81 pessoas morreu em decorrência da doença.

A Comissão Nacional de Saúde informou que foram registrados casos da infecção em praticamente todo o país.

O governo chinês anunciou que o período de feriado prolongado do Ano-Novo Lunar será estendido por mais três dias, até 2 de fevereiro.

Ainda segundo as autoridades, escolas, universidades e creches vão adiar o início das aulas após o feriado.

Pequim também está tomando outras medidas para restringir a movimentação de pessoas. A partir desta segunda-feira (27), agências de turismo não farão viagens em excursão com destino ao exterior. Serviços de transporte de ônibus de longa distância foram suspensos em diversos locais.

As autoridades de saúde chinesas afirmam que a nova variante do coronavírus sofreu mutações, tornando-se mais contagiosa.
Título e Texto: NHK (Emissora pública de televisão do Japão), Agência Brasil, 27-1-2020, 8h31

Pinto da Costa quer Jorge Jesus no FC Porto

Líder portista pode concretizar no final da época o sonho antigo de ter o ‘amigo’ Jesus ao leme da equipa.

O treinador do Flamengo, Jorge Jesus, é a primeira escolha de Jorge Nuno Pinto da Costa para o lugar de Sérgio Conceição, que deverá deixar o comando técnico do FC Porto no final da temporada.

A notícia é avançada esta segunda-feira pelo Correio da Manhã, que já no passado sábado dava conta que a derrota caseira do FC Porto com o Braga para o campeonato teria ditado a saída de Sérgio Conceição.

De acordo com o jornal, os dragões vão tentar evitar que Jorge Jesus, de 65 anos, renove o contrato com o emblema do Rio de Janeiro, estando dispostos a oferecer-lhe um salário na ordem dos cinco milhões de euros anuais.

Foto: João Miguel Rodrigues
O “Mengão”, recorde-se, está disposto a avançar com sete milhões para segurar Jesus e as negociações, que o clube quer ver concluídas até ao fim de fevereiro, seguem a bom ritmo.

Apesar de Jesus ser a primeira escolha de Pinto da Costa, há outros nomes de treinadores portugueses em cima da mesa: Leonardo Jardim, Marco Silva e Rui Faria, que estão atualmente sem clube, bem como André Villas-Boas (ex-FC Porto).

Flash explosiva de Conceição e o voto de confiança
Pinto da Costa garantiu este domingo que tem “total confiança nos jogadores e no treinador”, Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição.

“O presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, esteve ontem reunido com a equipa, no balneário, e deixou uma mensagem clara: tem total confiança nos jogadores e no treinador e acredita que terça-feira será dada uma demonstração de força no jogo frente ao Gil Vicente”, lê-se numa publicação da newsletter Dragões Diário.

Atitudes

Nelson Teixeira

A mudança mais significante na vida de uma pessoa é uma mudança de atitude. Atitudes corretas produzem ações corretas.

Se você der amor, verá quanto amor chegará até você, pois as forças do Universo, produzem semelhanças.

Se você for sincero com todos que convivem com você na jornada da vida, poderá perceber como todos usarão de sinceridade com você.

Repense em tudo que está fazendo e passando neste momento, e procure mudar para melhor em todas as suas atitudes que está tendo no momento.

Pense no bem, que todas as suas ações serão corretas.
Título e Texto: Nelson Teixeira, Gotas de Paz, 27-1-2020

Charada (1 194)

Descubra o
padrão deste grupo
e coloque as palavras
na ordem correta:










Adolescente, Idoso,
Criança, Bebê, Adulto.

De onde vem o 'ódio'

Não moro nos Estados Unidos da América. Adoraria.

Não leio e não assisto à mídia cartelizada dos EUA: CNN, NYT, WP, USA Today, Los Angeles Times  etc...

Não leio, nem assisto (independentemente do meu sofrível inglês - assistia porque queria aperfeiçoá-lo), deixei de assistir quando percebi a militância político-ideológica. 

Gente querida, experimente assistir à CNN: é um comício permanente contra Donald Trump! E os jornais Los Angeles Times e USA Today, hein?? A Folha de S. Paulo é uma cópia em português.

Well, isto dito, longe dos EUA, uma nação que admiro, percebo os EUA, acicatados por essa imprensa, como duas Américas irreconciliáveis: os eleitores ‘republicanos’ e ‘democratas’ vivem em universos mentais extremamente diferentes, e aí me pergunto se eles ainda poderão continuar formando uma nação comum. (?!)

E é essa disfunção planejada e proposital que os 'californianos' exportaram para o mundo.

domingo, 26 de janeiro de 2020

Lula da Silva recebe prêmio da Fundação Internacional dos Direitos Humanos (Gente! A luta é pra 'macho'!)


“A Fundação Internacional dos Direitos Humanos explicou que o prêmio foi atribuído como resultado da “dignidade e do carácter respeitoso, pacífico e democrático com que [Lula da Silva] assume a perseguição política judicial a que foi sujeito, o que levou a longos períodos de detenção arbitrária”.

A redação do Observador ao publicar este panfleto está endossando/corroborando/apoiando a narrativa esquerdista da "perseguição política judicial!": Que babaquice!

A senhora Isabel dos Santos não estará sendo ela também vítima de "perseguição política judicial"??

Brasil e Índia terão parceria para a produção animal

Declaração foi feita em visita de Bolsonaro ao país asiático

Agência Brasil

O Brasil e a Índia deverão desenvolver projetos em parceria para pesquisa e produção animal. Uma declaração conjunta assinada pelos dois governos foi celebrada durante a visita oficial do presidente da República Jair Bolsonaro ao país asiático.

Foto: Clauber Cleber Caetano/PR

Segundo nota do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a declaração “prevê cooperação em sanidade animal (comércio de animais, material genético e produtos de origem animal), que envolve pecuária e pesca; capacitação técnica (assistência técnica, cursos e estágios e transferência de tecnologia em reprodução animal) e pesquisa em genômica bovina e intercâmbio mútuo de germoplasma (material genético)”. 

Há expectativa ainda de que o Brasil coopere na instalação de um centro de excelência em pecuária leiteira na Índia. 

Brasil e Índia divulgaram comunicado conjunto com 48 pontos, seis na área de agricultura, pecuária e processamento de alimentos. Entre eles, Bolsonaro e o primeiro-ministro indiano Narenda Modi anunciam a abertura do mercado indiano para exportações brasileiras de gergelim e a abertura do mercado brasileiro para exportações indianas de sementes de milho. Também foram assinados acordos em áreas como ciência e tecnologia, energia, segurança e previdência social. 

Os dois governos manifestaram interesse em aumentar outras trocas comerciais, como as exportações de abacate, cítricos e madeira de ipê, provenientes do Brasil, e as exportações de milheto (no Brasil utilizado para alimentação de gado), sorgo, canola e algodão, da Índia.

Hoje (26) é Dia da República da Índia, data para a qual o presidente Bolsonaro foi convidado pelo primeiro-ministro indiano Narendra Modi a visitar o país. 
Título e Texto: Agência Brasil; Edição: Aline LealAgência Brasil, 26-1-2020, 10h32

Relacionados:

Rio está ficando mais seguro com Wilson Witzel

Quintino Gomes Freire

Muito criticada, a política de segurança de Wilson Witzel vem dando sinais claros que está funcionando. O Rio pode ter um futuro brilhante pela frente!



Título, Texto e Vídeo: Quintino Gomes Freire, Diário do Rio, 26-1-2020

[Livros & Leituras] Déni français: notre histoire secrète des liens franco-arabes

“La guerre d'Algérie n'est pas finie. Elle se poursuit de façon discrète sur le territoire français. Mais le plus préoccupant, c'est que ce conflit larvé se déroule avec la complicité ou le silence embarrassé de nos élites hexagonales.

Les dirigeants français font tout pour éviter de poser les questions qui fâchent, qu'il s'agisse de notre politique arabe en ruines, ou des contours d'une nouvelle société musulmane transférée en quelques décennies sur le sol français avec ses millions de croyants (et d'athées).

Les adeptes de la déconstruction ont voulu présenter la présenter comme un fantasme, ignorant ou refusant de penser que l'Islam, au sens de civilisation, est un tout culturel, social, politique et religieux qui va façonner une partie du destin français dans les prochaines années. Or, la donne a changé en 2001 avec l'irruption du djihadisme terroriste en Occident. Il a bien fallu cette fois ouvrir les yeux, ce qui n'empêche pas le déni français de perdurer.

Ce sont les secrets qui entourent notre relation avec le monde arabe que dévoile Pierre Vermeren, l'un des meilleurs historiens actuels de l'Afrique du Nord.”


“Rares sont les ouvrages qui abordent la question de l’Islam em France sous l’angle des relations avec le monde árabe, notamment les États du Maghreb. Tel est le principal mérite de l’historien Pierre Vermeren qui dans Déni Français livre une somme extrêmement documentée sur les liens inextricables qui unissent les deux rives de la Méditerranée par-delá la guerre d’Algérie, traumatisme mémoriel jamais digéré para la France et qui reste l’objet d’um déni dont les conséquences sont lourdes.

Taça da Liga, a maldição do FC Porto

Esta foi a quarta final da Taça da Liga que os dragões perderam

O Sporting de Braga venceu na noite deste sábado o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga de futebol, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham conseguido em 2013. Por outro lado, a derrota do FC Porto dá ainda mais ênfase à malapata que é a Taça da Liga para os dragões.

Foto: Agência Lusa
Em doze edições da prova, o FC Porto conseguiu chegar a quatro finais, mas não conseguiu vencer nenhuma.

As finais do FC Porto na Taça da Liga:

2009/10: Benfica, 0-3
2012/13: Sp. Braga, 0-1
2018/19: Sporting, 1-1 (1-3 g.p.)
2019/20: Sp. Braga, 0-1 



Título e Texto: Sport Informa, 26-1-2020, 11h12

Relacionados:

Abel Braga minimiza críticas da torcida após vitória: 'Problema zero'

O técnico Abel Braga minimizou as críticas da torcida do Vasco da Gama no Kleber Andrade e diz que gosta dos cruzmaltinos.

O técnico Abel Braga, que foi chamado de 'burro' durante a vitória por 1 a 0 do Vasco sobre o Boavista, pelo Campeonato Carioca, afirmou em coletiva de imprensa após a partida que vê "problema zero" nas críticas por parte da torcida.


"Eles vieram incentivar em um jogo quase embaixo d'água. Tem jogo que eles não gostam. Problema zero. Eu gosto dessa torcida porque quando joguei aqui, com essa camisa, a minha alma ficava lá. Estou tentando fazer isso com esse time", afirmou o técnico.

Nos minutos finais da partida, a torcida vascaína pediu a entrada de Ribamar para tentar tirar o zero do placar. Quando foi chamado, os torcedores comemoram muito, mas ficaram muito irritados com quem estava saindo: Talles Magno, um dos nomes mais ativos do Vasco na partida. Com isso, Abel ouviu gritos de "burro".

O treinador veterano reconheceu que o desempenho foi abaixo do esperado, mas valorizou a vitória de sua equipe, já que o Vasco não tinha vencido na temporada.

Dê o melhor de si

Nelson Teixeira

Hoje vivemos aqui, neste planeta maravilhoso que nos acolhe, supre nossas necessidades e ainda enche nossos olhos com tanta beleza.

Há calmante melhor do que o barulho do mar?

E que alegria sentimos ao ver uma borboleta pousar, bem pertinho da gente!

Um simples pôr do sol, tingindo tudo de laranja, é a certeza de que Deus existe…

Você é parte desse todo, pois o mesmo Pai que criou a natureza tão exuberante também nos criou.

Por que não retribuir à altura? Dê de volta tudo de bom que recebe, e deixe a energia fluir…

Nossas atitudes têm reflexos. Dê o seu melhor, e a vida sempre o recompensará!
Título e Texto: Nelson Teixeira, Gotas de Paz, 26-1-2020

[As danações de Carina] Algumas “kuriozidades” às vezes fazem bem – Parte cinco

Carina Bratt

Por entre os panetones e Vicente Ferrer chegaremos a Santa Catarina e à fotografia colorida que nos encanta os olhos.

PERGUNTA:
QUAL A ORIGEM DO PANETONE?

RESPOSTA:
Há três versões conhecidas para a origem do tradicional panetone, todas passadas em Milão, na Itália. A primeira é que esse produto nasceu no ano de 900 e fora criado por um padeiro Chamado Tone. Por essa razão, teria ficado conhecido como “Pane-di Tone”.

A segunda diz que o mestre cuca Gian Galeazzo Visconti, primeiro duque de Milão, preparou a iguaria para os festejos da entrega das suas insígnias ducais, em 5 de setembro de 1935.


A última dá conta de que um cidadão de nome Ughetto resolveu se empregar numa padaria para poder colocar os olhos com mais frequência na sua amada, Adalgisa, uma jovem lindíssima e encantadora filha do dono, na época, com quinze anos. Ali ele teria inventado a especiaria, com a qual fez a sua riqueza, e, consequentemente, a do sogro. Feliz com a novidade, o proprietário da confeitaria concedeu a tão sonhada mão de Adalgisa à Ughetto, em matrimônio. Isso ocorreu entre 1300 e 1400.

O panetone, pois, apesar de todo tempo passado desde a sua invenção (não importando a quem seja atribuída a sua original criação), se constitui num bolo de massa fermentada feito com farinha de trigo, ovos, leite, manteiga, açúcar, frutas cristalizadas e passas. Sua presença é indispensável principalmente nos finais de ano, quando se comemora a ceia de Natal e os supermercados, ao nosso redor, ficam entupidos com a sua sólida e gostosa postura, se tornando, lado outro, indispensável em qualquer mesa.

PERGUNTA:
QUEM FOI SÃO VICENTE FERRER?

RESPOSTA:
Vicente Ferrer nasceu em 23 de janeiro de 1357 (e não 1350), na Espanha. Em 1374, ingressou na ordem dominicana. Aos 17 anos, concluídos os estudos de filosofia e de teologia, se tornou professor dessa matéria. Foi ordenado sacerdote em 1378, ano em que coincide com o grande cisma do Ocidente, o qual durou até 1417. Os cristãos, em vista desse evento, ficaram divididos entre os papas de Roma e de Avignon, sem saber a quem obedecer.

Vicente lutou ferrenhamente para que a Igreja voltasse à sua primeira unidade. Percorreu toda a Europa, procurando estabelecer a paz e a tranquilidade numa sociedade dividida e pior, metida até o pescoço numa crise braba. Apocalíptica, a sua pregação tocava corações, operando, em muitos, a conversão.

No começo, o sujeito andava a pé de uma região a outra. Depois que adoeceu de uma perna, montava um burrinho. Vicente Ferrer morreu em Vannes, na França em 5 de abril de 1419 (dia em que, se diga de passagem, foi consagrado como santo pela Igreja Católica).

Charada (1 193)

Cinco ciclistas,
Barbosa, Nicolau, Trindade,
Agostinho e Azevedo,
participaram numa prova de estrada.
Considerando as seguintes premissas,
qual deles venceu a prova?



a) Trindade e Azevedo chegaram juntos;
b) Nicolau chegou antes de Barbosa;
c) Agostinho chegou antes de Nicolau;
d) O Vencedor chegou sozinho.

Charada (1 192)

Deolinda, Dulce e Doroteia
alugaram uma casa de férias.
Nos primeiros sete dias,
as três ocuparam a casa.
Nos sete dias seguintes,
apenas Deolinda e Dulce a ocuparam.
Se a diária era 60 €,
quanto gastou a Deolinda?

Charada (1 191)

Quando é que
a palavra
RAMOS
se transforma
numa operação
matemática?


sábado, 25 de janeiro de 2020

Greta Thunberg: La réussite marketing de la décennie!

Brasil e Índia assinam acordos em tecnologia, energia e segurança

Bolsonaro foi recebido pelo presidente indiano, Ram Kovind

Jonas Valente

No primeiro dia da visita do presidente Jair Bolsonaro à Índia, os governos dos dois países assinaram acordos em áreas como ciência e tecnologia, energia, segurança e previdência social. Bolsonaro foi recebido pelo presidente indiano, Ram Kovind, e pelo primeiro ministro, Narendra Modi, em uma residência oficial.

Foto: Alan Santos/PR
Foram assinados 15 atos internacionais com o objetivo de intensificar as relações entre os dois países. A troca de documentos foi em outro palácio, a Hyderabad House, local destinado à recepção de chefes de estado.

Um dos acordos foi na área de bioenergia, prevendo a cooperação entre as duas nações na promoção da produção de biocombustíveis, como etanol, biodiesel, bioquerosene e biogás. Entre os materiais incluídos no acerto estão subprodutos da biomassa.

Um memorando apontou a implantação de ações de cooperação na exploração e comercialização no setor de petróleo e gás. Também foi estabelecida parceria para desenvolver pesquisas em recursos minerais e conhecimento geológico, bem como realização de atividades no segmento de mineração.

Os países decidiram estabelecer formas de atuação conjunta em segurança cibernética. A parceria envolverá o intercâmbio de informações, a partir dos marcos legais de cada nação, buscando contribuir para o fortalecimento dessa área em cada nação.

Outro acordo visou criar regras entres os dois países no setor de previdência social, com o objetivo de regular os benefícios previdenciários entre os dois países. Para ampliar o combate a atividades criminosas, como corrupção e lavagem de dinheiro, as duas nações também se comprometeram em trabalhar juntas. Também foram firmadas parcerias nas áreas de cultura, recursos minerais, segurança cibernética, saúde e agricultura.

Os dois países firmaram entendimento com o objetivo de cooperar em ações de investigação e repressão a crimes. Entre as práticas abarcadas estão ilícitos como corrupção, lavagem de dinheiro, tráfico de pessoas, drogas, explosivos e terrorismo.

Crônicas Cariocas: o restante do país não ama chinelos como nós

Raphael Fernandes

O nosso verdadeiro amor por chinelos é uma coisa que quem não é do Rio de Janeiro tem muita dificuldade para entender. Carioca usa chinelo nas mais variadas ocasiões e lugares. Quem não gosta desse nosso hábito está, certamente, botando os pés pelas mãos.


Ir ao shopping usando chinelos nos pés já é praxe no Rio de Janeiro. Nem seria preciso citar aqui, mas essa é uma das situações que mais surpreende quem não é carioca. “Nossa… chinelo no Shopping…”. Sim. De chinelo no shopping. Por quê? Só não vou descalço porque essa prática já é patenteada por cantores de Axé e intérpretes de MPB.

Carioca, sempre que pode, usa chinelos. Às vezes, usa até quando não pode. Uma vez, em um casamento, todo mundo bem vestido, vi um homem usando chinelos. Ele estava com um curativo em um dos pés. Deduzi que esse fosse o motivo do calçado. No entanto, no decorrer da festa, das taças de champanhe, o vi confessar que não estava com problema nenhum no pé, simplesmente não queria usar sapatos. Descobri no mesmo dia que ele seria o padrinho do casamento, só que acabou não sendo. Talvez a não escolha tenha se dado por conta desse desapego nos pés. Que bom para ele. É melhor usar chinelos do que ser padrinho de certos casais.

Trabalhei com um colega que tinha um problema no pé que o impedia de usar sapatos. Ele ia de chinelos para a empresa. Eu adoraria que o problema dele fosse contagioso para eu pegar e poder trabalhar com os pés livres. Até sentava perto dele, porém, não deu certo e continuei com a moléstia dos sapatos nos pés durante o expediente.

A verdade que o socialismo impõe

Há esperança? Há. Conforme é típico nos nativos do Largo onde tem a sede, o PS costuma sair de cena no momento em que o navio se afunda, ou acaba o dinheiro. A esperança é essa: o advento da miséria.

Alberto Gonçalves

Para ilustrar a notícia sobre o protesto de cidadãos pela reabertura das urgências no hospital Garcia da Orta, que é público e portanto está a cair aos bocados, a agência Lusa usou uma fotografia em que cidadãos distintos, obviamente em protesto distinto, seguravam uma faixa com os dizeres “Se a saúde for privada, ficamos privados de saúde”. Simples erro? Se acreditarmos que a fortuna do eng. Sócrates adveio do cofre materno, com certeza que sim. A Lusa, espécie de demonstração cabal do que o contrapoder não deve ser, sempre existiu para servir o poder propriamente dito. Sob o atual governo, e sob o atual diretor, aquele sr. Nicolau que convidava impostores para desacreditarem o governo de “direita” na televisão [foto], a Lusa desceu da mera propaganda para a publicidade desconchavada: além de um veículo do PS, é um veículo reles, com a carcaça ferrugenta e as peças à vista.


Aliás, a situação da Lusa é idêntica à da RTP, instituição também conhecida pela serventia a quem manda. Recentemente, a diretora de informação da casa, Maria Flor Pedroso, saiu após revelação de um bonito episódio censório, em que uma reportagem desagradável para a tutela do Ambiente foi adiada para não interferir nas eleições. No seu lugar, depositou-se António José Teixeira, cujo currículo tem tantas vênias ao socialismo que o homem ainda arranja uma hérnia valente. Talvez fosse demasiado ostensivo nomear para o cargo mais um familiar do dr. César dos Açores. Os resultados, porém, não seriam diferentes. Quando o governante do “audiovisual” é o autodesignado humorista Nuno Artur Silva (que só tem graça ao lembrarmo-nos que apoia o dr. Costa desde os tempos da autarquia lisboeta), nada espanta no universo do jornalismo estatal, de resto uma contradição nos termos e um sintoma de atraso de vida.

O pior é que o jornalismo não estatal não anda longe dessa subjugação descarada aos rústicos que nos pastoreiam. De facto, até anda perto, tão perto que frequentemente não se nota a diferença. Esta semana, um ministro afirmou que se os polícias compram equipamento do bolso deles é apenas porque lhes apetece. A bojarda, que em países civilizados despacharia o tal ministro para a gruta de onde o resgataram e que vinda de um governante “neoliberal” inspiraria 18 capas indignadas do “Público”, por cá passou quase despercebida na generalidade dos “media”, entretidos a chamar gênio das finanças a um aldrabão como o dr. Centeno. Na maioria, os “media” dedicaram igual indiferença à sugestão do secretário de Estado da Saúde, que pretende erradicar as agressões a funcionários hospitalares mediante o fornecimento de chá e bolinhos aos pacientes. Em compensação, os “media” não desprezaram o dr. Costa, que numa oficina da pujante CP prometeu a vanguarda mundial na produção de comboios.  Isto só nos últimos dias.

Escolhas

Nelson Teixeira

Pensar positivamente mesmo quando tudo parecer negativo é crer que o melhor está por vir.

Não há lamentação que cure dificuldades, mas há pensamento positivo e força interior que reverte tudo em nossa vida, desta forma façamos nossas escolhas, lamentos, tristeza e desespero ou força, coragem, alegria e equilibro.

Tudo está em nossas mãos, mudar e nos melhorarmos moralmente e espiritualmente ou adoecermos dentro dos nossos próprios erros.

Pensemos nisso!
Título e Texto: Nelson Teixeira, Gotas de Paz, 25-1-2020

Charada (1 190)

Qual das
seguintes palavras
NÃO é um
verbo?

Jantar;
Lugar;
Andar;
Falar;
Limpar.

Charada (1 189)









O Barnabé tem 10 €
na carteira. Se ele gastasse 3 €
ficava com metade
da quantia que Anita tem.
Quantos euros tem Anita
a mais do que Barnabé?