quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

O escândalo do show de Roberto Carlos

Show do Roberto Carlos em Copacabana custou 3,5 vezes mais do que similar em Fortaleza

Público aguarda início do show de Roberto Carlos nas areias de Copacabana, foto: Alexandre Durão
Paulo Ricardo Paúl
Pelo jeito a atual Prefeitura do Rio gosta de gastar a mais com seus shows, primeiro foi o caso do Luan Santana que custou R$ 1,3 milhões e agora é o do Rei Roberto Carlos que custou aos cofres públicos R$ 6,422 milhões, incluído não só o cachê do músico, claro, mas também todo o “maravilhoso” esquema de trânsito e segurança.
Se o valor assusta, de primeira, assusta mais ainda se compararmos com um show do Rei feito em Fortaleza apenas 2 anos e meio atrás. O show que também foi gratuito, na praia e com o mesmo número divulgado de público, 500 mil, custou aos cofres da capital cearense R$ 1.891 milhões, sendo R$ 1.341 milhões com o cachê de Roberto Carlos e R$ 550 mil na estrutura. Esta notícia do Verdes Mares fala de todos os gastos.
Por que será que a cidade do Rio teve de gastar tanto então no show? Vá lá, o dobro daria quase para entender. Só que foram mais de 3 vezes o valor, sem contar que o show foi transmitido pela Globo, que vendeu suas cotar de patrocínio. Era para o show ter saído de graça para a cidade! Ou custado menos.

COMENTO:
A cada fato novo que surge aumenta o escândalo do gasto do dinheiro público (mais de 7 milhões de reais) com o show do Roberto Carlos, realizado na Praia de Copacabana, no dia 25 DEZ 2010.
A verdadeira Tropa de Elite da PM e do BM fez a primeira denúncia sobre os cachês milionários que seriam pagos nos shows de Natal e Ano Novo no Rio, isso no dia 23 DEZ 2010.
O jornal O Povo do Rio e o Site G1 foram os únicos a noticiarem o nosso protesto.
Amanhã, 30 DEZ 2010, novamente, realizaremos um protesto na Praia de Copacabana, a partir das 10:00 horas, em frente ao Hotel Copacabana Palace.
JUNTOS SOMOS FORTES!
PAULO RICARDO PAÚL
PROFESSOR E CORONEL
Ex-CORREGEDOR INTERNO

RIO - BOMBEIROS E POLICIAIS MILITARES PROTESTARÃO NO REVEILLON E NA POSSE DO GOVERNADOR.

1) Ato em defesa da aprovação da PEC 300 e contra os Salários Miseráveis - Reveillon.
Data: 
30 DEZ 2010 (quinta-feira).
Horário: 
A partir das 10:00 horas.
Concentração: 
Avenida Atlântica em frente ao Hotel Copacabana Palace.
A reunião será no local onde estará sendo organizado o show do reveillon.

2) Ato em defesa da aprovação da PEC 300 e contra os Salários Miseráveis - Posse do Governador.
Data, local e horário: 
Posse do Governador Sérgio Cabral.
Os detalhes serão divulgados oportunamente neste espaço.
Tragam suas faixas e cartazes da PEC 300.
Os bonecos 
FOME e MISÉRIA estarão presentes.
Juntos Somos Fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-