sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Cadê os protestos?


Relacionados:

Um comentário:

  1. A história se reescreve e não acreditamos na sua natureza cíclica. Acho que é a esperança de nos vermos tão revoltados, a ponto de quebrarmos as amarras ideológicas que nos prendem a uma cultura cristalizada. Mas, de novo, o barulho é grande e o arranque estanca. Pensamos que tiramos Collor, e elle continua lá, bem amoitado, só de boa. Ainda foi inocentado em todas as instâncias. Então, ele deveria ter o seu governo restituído? Não! Porque mexeu com os grandes tb. Fez uma bagunça na vida dos pobres e dos marajás. Incomodou as elites. Escândalos como os do Banestado(FHC), mensalão, Petrobrás não seriam razões para um novo 'impeachment'? Todo mundo pensa, não fala por conveniência. Por isso, a recapitulação: Prestes, no grande dia, só vê meia-dúzia de gatos pingados. É preso, qdo sai, sobe no palanque de Getúlio Vargas; a Guerrilha do Araguaia espera tomar as ruas com a população aderindo às manifestações campesinas, mas o povo fica em casa acompanhando o tri de Pelé...; agora, em 2014, queria que fosse diferente... Mas vocês estão vendo. Parece uma sina.

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-