domingo, 21 de dezembro de 2014

Ronaldo ignora Platini, depois de vencer o Mundial de Clubes (em vídeo)

O Real Madrid marcou dois golos em campo que lhe asseguraram a vitória. Durante a entrega de prémios Ronaldo marca mais um ponto ignorando o homem que não lhe quer dar a Bola de Ouro.
Vera Novais
Cristiano Ronaldo não marcou os golos, mas preencheu o campo na vitória que garantiu ao Real Madrid a taça do Mundial de Clubes. Mas foi depois de finda a partida, na entrega de medalhas aos jogadores vencedores, que Ronaldo se tornou a figura da noite, evitando cumprimentar o presidente da UEFA, Michel Platini.

Nas imagens, que rapidamente se espalharam pelas redes sociais e pelos jornais online, o jogador português parece aproveitar o facto de o treinador do Madrid, Carlo Ancelotti, estar a trocar umas palavras com Platini para saltar o aperto de mão àquele que disse publicamente que a Bola de Ouro deveria ir para um jogador da seleção alemã e não para Cristiano Ronaldo, alegadamente porque Portugal não teve um bom desempenho no Mundial do Brasil.



Platini ainda mostrou espanto, mas Ronaldo nem hesitou. O Record ainda tentou atribuir o não-cumprimento ao facto de ambos se terem cumprimentado momentos antes, aquando a entrega do prémio de segundo melhor jogador do Mundial de Clubes, mas o CR7 tinha cumprimentado todo o painel anteriormente e voltou a fazê-lo, saltando apenas o presidente da UEFA.

No jogo que se disputou este sábado, o Real Madrid venceu a final do Mundial de Clubes, disputada em Marraquexe (Marrocos) por 2-0 aos argentinos do San Lonrezo, com golos de Sérgio Ramos, aos 36 minutos, e Gareth Bale, aos 51. Foi uma partida pouco disputada, que contou com os internacionais portugueses Cristiano Ronaldo e Pepe durante os 90 minutos e com Fábio Coentrão que entrou ainda na primeira parte para o lugar do lesionado Marcelo.

Com esta conquista ao serviço do Real Madrid, Cristiano Ronaldo assegura pela segunda vez o Mundial de Clubes, depois de o ter feito ao serviço dos ingleses do Manchester United, em 2008.

Este domingo o internacional português é homenageado no Funchal, com a inauguração de uma estátua na cidade.

Foto: José Sena Goulão/Lusa
Título e Texto: Vera Novais, Observador, 21-12-2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-