segunda-feira, 2 de março de 2020

"FC Porto está a afundar-se." João Rafael Koehler ataca gestão de Pinto da Costa

O empresário, que tem sido apontado como candidato à sucessão do líder portista, diz que a situação financeira do clube é "dramática".

João Rafael Koehler revela que há atrasos "nos pagamentos de bónus aos jogadores". Foto: Cristiano Silva/Global Imagens

Rui Polónio e Miguel Jorge Fernandes

José Fernando Rio [foto abaixo] anunciou, este domingo, a candidatura à presidência do FC Porto nas eleições para o quadriénio 2020/2024, durante uma intervenção na RTP3, alegando a necessidade de "mudar de liderança e modernizar o clube".


Uma notícia saudada por João Rafael Koehler, o empresário que nas últimas semanas tem sido dado como candidato à presidência do FC Porto diz que é necessário um novo modelo de gestão para o clube.

"É sempre saudável, quando há eleições, que haja vários candidatos, várias ideias e projetos que sejam diferentes. O que acho absolutamente necessário para o clube é que os sócios e os adeptos entendam que tem de haver uma ruptura com o atual modelo, nós não estamos em 1985", diz o empresário à TSF acrescentando que "o mundo mudou, não se pode passar a vida a pedir dinheiro emprestado às pessoas para pagar o bónus de administrador ou bónus de jogo aos jogadores, não é assim que funciona. Esta gestão financeira tão disparatada depois acaba por ser refém dos resultados desportivos. O clube não tem fundo de caixa para contratar jogadores".
(...)
Título e Texto: Rui Polónio e Miguel Jorge Fernandes, TSF, 2-3-2020, 16h02

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-