terça-feira, 3 de março de 2020

O FC Porto líder do campeonato: vencê-lo só depende dele!

Pois, (não querendo plagiar o Rochinha), a segunda-feira despertou com a classificação do campeonato português (Liga NOS): Benfica na primeira posição.

No entanto, todavia, contudo, a segunda-feira vai dormir com o FC Porto na liderança.

Mas, o que aconteceu nesta segunda-feira – gloriosa para uns, fatídica para outros –, que alterou a classificação?

Conto pra você: o FC Porto venceu o açoriano Santa Clara por 2 a 0; depois, o Moreirense empatou com o Benfica, 1 a 1.

Aí, o FC Porto está na liderança do campeonato, por um pontinho. 

Vale lembrar que o FC Porto já esteve a 10 pontos do líder.

Se ganhar todos os jogos que faltam, será Campeão!

5 comentários:

  1. De casa
    Fez-se justiça. Finalmente, somos líderes. A inversão no topo da classificação aconteceu ontem à noite. Começou em Ponta Delgada e acabou em Lisboa. Seguimos a ordem a cronológica.

    Sérgio Oliveira assistiu, Manafá abriu. Sérgio Oliveira assistiu, Marcano fechou. Foi assim, com duas assistências do mesmo médio, dois golos de defesas e ainda muita entrega, que o FC Porto superou as barreiras que enfrentou nos Açores e bateu o Santa Clara pela quarta vez nesta temporada, a primeira fora de casa, a segunda por 2-0.

    Uma hora e quinze minutos depois, acabou o jogo do Benfica na Luz. Devia ter acabado mais cedo, sim, que os descontos pareceram intermináveis. E podia ter terminado com a derrota da equipa da casa, que beneficiou destes dois penáltis para conseguir um ponto (cada um que tire conclusões). Mesmo assim, houve empate. E o FC Porto é líder.

    Quando falou aos jornalistas, algum tempo antes e a cerca de 1445 quilómetros de distância, Sérgio Conceição ainda não sabia que estava prestes a terminar a jornada no primeiro lugar, mas já estava satisfeito porque os jogadores “interpretaram bem o que tinha sido preparado”. “Não foi um jogo espetacular”, reconheceu, mas estavam todos “de parabéns”.

    O outro Sérgio, o Oliveira, já tinha avisado: “Estamos na luta até ao fim”. Isso é certo, estivesse o FC Porto no segundo lugar, como estava, ou no primeiro, como está agora, porque até ao fim ninguém dá nada como adquirido. Mas o médio deixou outra garantia: “O FC Porto é capaz de ganhar todos os jogos. É para isso que cá estamos”.

    A luta segue dentro de momentos. Ou melhor, dentro de dias. Sábado há receção ao Rio Ave no Dragão, há três pontos para conquistar e há a liderança para manter. Como sempre, o apoio do público será indispensável. Se pode estar presente e ainda não tem bilhete, não desperdice a oportunidade. Continuemos como até agora: Dragões Juntos.
    Dragões Diário, 3-3-2020

    ResponderExcluir
  2. Sei que podemos estar errados ao começar um crônica com "POIS".
    Muitos estiveram junto dele e não o viram. Muitos tocaram suas mãos e não o sentiram. Muitos desejaram suas palavras, mas não o ouviram. Muitos juram que ele não existe, mas há um homem pelas ruas.

    Sérgio Jockymann
    grande cronista

    Sérgio Jockymann.

    Os Votos

    “Pois desejo primeiro que você ame e que amando, seja também amado.

    E que se não o for, seja breve em esquecer e esquecendo não guarde mágoa.

    Desejo depois que não seja só, mas que se for, saiba ser sem desesperar.

    Desejo também que tenha amigos e que mesmo maus e inconseqüentes sejam corajosos e fiéis.

    E que em pelo menos um deles você possa confiar e que confiando não duvide de sua confiança.

    E porque a vida é assim, desejo ainda que você tenha inimigos, nem muitos nem poucos, mas na medida exata para que algumas vezes você interprele a respeito de suas próprias certezas.

    E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo para que você não se sinta demasiadamente seguro.

    Desejo depois que você seja útil, não insubstituívelmente útil mas razoavelmente útil.

    E que nos maus momentos, quando não restar mais nada, essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

    Desejo ainda que você seja tolerante, não com que os que erram pouco, porque isso é fácil, mas com aqueles que erram muito e irremediavelmente.

    E que essa tolerância nem se transforme em aplauso nem em permissividade, para que assim fazendo um bom uso dela, você dê também um exemplo para os outros.

    Desejo que você sendo jovem não amadureça depressa demais,
    e que sendo maduro não insista em rejuvenescer,
    e que sendo velho não se dedique a desesperar.

    Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e é preciso deixar que eles escorram dentro de nós.

    Desejo por sinal que você seja triste, não o ano todo, nem um mês e muito menos uma semana,
    mas um dia.

    Mas que nesse dia de tristeza, você descubra que o riso diário é bom, o riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

    Desejo que você descubra com o máximo de urgência, acima e a despeito de tudo, talvez agora mesmo, mas se for impossível amanhã de manhã, que existem oprimidos, injustiçados e infelizes.

    E que estão estão à sua volta, porque seu pai aceitou conviver com eles.

    E que eles continuarão à volta de seus filhos, se você achar a convivência inevitável.

    Desejo ainda que você afague um gato, que alimente um cão e ouça pelo menos um João-de-barro erguer triunfante seu canto matinal.

    Porque assim você se sentirá bom por nada.

    Desejo também que você plante uma semente por mais ridículo que seja e acompanhe seu crescimento dia a dia, para que você saiba de quantas muitas vidas é feita uma árvore.

    Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro porque é preciso ser prático. E que pelo menos uma vez por ano você ponha uma porção dele na sua frente e diga: Isto é meu.

    Só para que fique claro quem é o dono de quem.

    Desejo ainda que você seja frugal, não inteiramente frugal, não obcecadamente frugal, mas apenas usualmente frugal.

    Mas que essa frugalidade não impeça você de abusar quando o abuso se impor*.

    Desejo também que nenhum de seus afetos morra, por ele e por você. Mas que se morrer, você possa chorar sem se culpar e sofrer sem se lamentar.

    Desejo por fim que,
    sendo mulher, você tenha um bom homem
    e que sendo homem tenha uma boa mulher.

    E que se amem hoje, amanhã, depois, no dia seguinte, mais uma vez e novamente de agora até o próximo ano acabar.

    E que quando estiverem exaustos e sorridentes, ainda tenham amor pra recomeçar.

    E se isso só acontecer, não tenho mais nada para desejar”

    Fonte: Folha da Tarde – Porto Alegre – 30 de Dezembro de 1978(extraído do jornal escaneado presente no Blog de Emílio Pacheco)


    ResponderExcluir
  3. Ele começava todas as suas crônicas com "POIS". EU ACHO MARAVILHOSO E CORRETO.

    ResponderExcluir
  4. Depois de um merecido dia de folga após a vitória nos Açores, o FC Porto regressa daqui a pouco ao trabalho,, no Olival, onde inicia a preparação para o jogo com o Rio Ave, no Estádio do Dragão, a contar para a 24.ª jornada do campeonato (sábado, 20h30, Sport TV). Afinal de contas, a partir de agora há uma liderança para manter.

    Ainda a propósito do triunfo sobre o Santa Clara, Iván Marcano chegou às duas dezenas de golos com a camisola do FC Porto, e igualou o registo do nosso eterno capitão, João Pinto. Numa lista encabeçada por Zé Carlos (25), o espanhol é o central ainda em atividade com mais golos na história do clube e promete não ficar por aqui.

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-