domingo, 24 de maio de 2020

[Língua Portuguesa] Assistir ‘ao’ ou assistir ‘o’?


Colunas anteriores:

2 comentários:

  1. Nós assistimos o jogo ou ao jogo?
    Assistir ao jogo é o correto segundo as regras gramaticais do português. Assistir o jogo é a forma mais utilizada pelos falantes da língua.
    O verbo “assistir” causa dúvidas porque pode ser transitivo direto ou indireto. No primeiro caso não admitirá preposição, já no segundo sim.

    Portanto, quando a pergunta (a quê?) for feita ao verbo, este será transitivo indireto e quando o complemento do verbo vier de forma direta, será transitivo direto.
    fonte; Mundo da Educação.

    ResponderExcluir
  2. Assistir o ou assistir ao: regência do verbo

    Flávia Neves

    Assistir ao jogo é o correto segundo as regras gramaticais do português. Assistir o jogo é a forma mais utilizada pelos falantes da língua.

    O verbo assistir é tradicionalmente transitivo indireto, com regência verbal da preposição a, quando assume o sentido de ver, observar, presenciar. Contudo, há uma forte tendência entre os falantes para a eliminação da preposição a na linguagem coloquial.

    Conforme as regras gramaticais - com preposição a:

    • Nós assistimos ao jogo de futebol no telão da praia.
    • Eles assistiram a um filme sobre a segunda guerra mundial.
    • Ontem eu não assisti à novela das nove.
    • Os documentários a que assisti eram sobre discriminação de gênero.

    Conforme o uso - sem preposição:

    • Nós assistimos o jogo de futebol no telão da praia.
    • Eles assistiram um filme sobre a segunda guerra mundial.
    • Ontem eu não assisti a novela das nove.
    • Os documentários que assisti eram sobre discriminação de gênero.

    O uso desta acepção do verbo assistir como transitivo direto já vem referido em diversos dicionários e gramáticas, sendo adotado por falantes cultos e por diversos escritores.
    Estando a língua portuguesa em constante alteração, evolução e atualização, é provável que, num futuro próximo, mais gramáticos comecem a considerar consagrada pelo uso a alteração na transitividade do verbo assistir.

    Regência do verbo assistir
    Segundo a norma culta ainda vigente, a regência verbal e transitividade do verbo assistir é feita da seguinte forma:

    Verbo transitivo indireto (com regência da preposição a):
    Com sentido de estar presente: ver, observar, presenciar, testemunhar,…
    Exemplo: Todos os cientistas do departamento assistiram ao fracasso da experiência.

    Com sentido de ser da competência: caber, pertencer, competir,…
    Exemplo: Assiste a você o dever de lutar por seus direitos!

    Verbo transitivo direto (sem preposição):
    Com sentido de acompanhar como assessor: assessorar, acompanhar,…
    Exemplo: Minha função é assistir o deputado em diversos assuntos burocráticos.

    Com sentido de prestar socorro: socorrer, acudir, amparar,…
    Exemplo: O médico não conseguiu assistir o doente porque a multidão não o deixou passar.

    Verbo transitivo indireto ou verbo transitivo direto (facultativo):
    Com sentido de prestar assistência: ajudar, auxiliar,…
    • Vou sempre assistir a quem precisar de mim.
    • Vou sempre assistir quem precisar de mim.

    Com sentido de ser parteira: partejar.
    • A parteira assistiu à parturiente.
    • A parteira assistiu a parturiente.

    Verbo transitivo indireto (com regência da preposição em):
    Com sentido de residir em um lugar: residir, morar, habitar,...
    • Eu assisto em Minas Gerais.
    • Em que lugar você assiste?

    Flávia Neves
    Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-