terça-feira, 12 de maio de 2020

Porto Canal no Palácio de Belém



Bom dia,

De casa
“Se resolverem que não há mais campeonato podem, por decreto, entregá-lo a quem querem”. Durante a tarde de ontem, Jorge Nuno Pinto da Costa esteve no Palácio de Belém para reunir com o Presidente da República no âmbito das audiências que Marcelo Rebelo de Sousa tem efetuado com os líderes dos grupos que detêm meios de comunicação social. Questionado sobre o regresso do futebol - e ante algumas sugestões mirabolantes - o nosso presidente reforçou que “o que conta é a classificação que está, não a que nós gostaríamos que fosse”. A figura máxima da instituição detentora do Porto Canal deu o exemplo da LigaPro, onde a classificação à data da paragem foi usada para definir as subidas e descidas de divisão.

Ontem teve início a segunda semana de trabalho do FC Porto no Olival. Como é habitual, o primeiro treino do novo ciclo teve lugar nos relvados do nosso Centro de Treinos e voltou a contar com a presença dos jovens Francisco Meixedo, Fábio Vieira e João Mário, da equipa B. Perante a possibilidade, colocada pelas entidades organizadoras, de as competições serem reatadas no final deste mês, o líder do campeonato mantém o foco nos objetivos: faltam onze partidas com dois troféus em disputa e, caso o futebol volte, os azuis e brancos estarão preparados para a(s) batalha(s).

Destacou-se no FC Porto B e tem sido presença regular nos trabalhos pós-desconfinamento do plantel principal. João Mário vive a sua segunda época como sénior e as chamadas de Sérgio Conceição aos treinos “têm sido uma aprendizagem diária”. “Todos nós, jovens jogadores da formação, ambicionamos um dia poder chegar à equipa A”, conta o extremo da geração de 2000, que confessa ainda estar a partilhar o balneário com “jogadores de referência”. Natural de São João da Madeira, o ambidestro é campeão nacional e europeu de Sub-19 em título.

No passado fim de semana foram aceites todas as candidaturas às eleições para os Órgãos Sociais do FC Porto no quadriénio2020/2024. José Manuel de Matos Fernandes, líder da Mesa da Assembleia Geral, presidiu ao sorteio da ordem das listas, que atribuiu a letra A à candidatura de Jorge Nuno Pinto da Costa, a B à de Nuno Lobo, a C à de José Fernando Rio e a D ao movimento “Por um Porto insubmisso, eclético e triunfante”, candidato apenas ao Conselho Superior.

12-5-2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-