quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Palácio Nacional de Queluz

AD

Portugal é dono de inúmeros palácios, mas um em especial divide a sua história com o nosso país, o Palácio de Queluz. Localizado a apenas 10km de Lisboa, é um dos mais conhecidos e visitados monumentos de Portugal.
O Palácio de Queluz, a principio, era um antigo palácio rural que pertenceu ao Marquês de Castelo Rodrigo, até ser reformado em 1747 a mando de Dom Pedro III para servir de moradia de férias da família real. O lugar serviu de cenários para diversas festas nesta época.
Episódios importantes para história do Brasil e Portugal aconteceram no Palácio de Queluz. A sua relação com o nosso país começa com o fato de nosso D. Pedro I, que em Portugal é conhecido como Pedro IV, ter nascido ali. Passando parte da infância por lá, até acontecer a invasão francesa e a família fugir para o Brasil.
Passado o perigo, a família real volta a Portugal, tornando o Palácio de Queluz a residência oficial da realeza portuguesa. Porém, com a morte do rei, o nosso D. Pedro I e seu irmão Miguel batalham pela coroa portuguesa. D. Pedro I ganha, mas volta da batalha com tuberculose, e um mês depois acaba morrendo no quarto D. Quixote, em Queluz.
Devido à sua beleza, o Palácio é constantemente comparado ao de Versailles. Formado por um extenso conjunto arquitetônico, o Palácio de Queluz reune os estilos barroco, rococó e neoclássico em sua decoração, rica em azulejos, pinturas, talha e lustres. Imperdível para os amantes da arte!
Seus suntuosos e ricos salões são um charme, e, os jardins, povoados de fontes e estátuas, encantam qualquer visitante. Além de encher os olhos com a beleza, você também poderá satisfazer o seu paladar com os deliciosos pratos que são servidos no restaurante “Cozinha Velha”, localizado na antiga cozinha do palácio.
Mais um passeio inesquecível. Como quase tudo que há em Portugal e que tanto nos encanta.
Texto e imagem: Blogue "Lisboa para brasileiros"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-